Após indireta sobre Bolsonaro, Ivete Sangalo fala sobre posicionamento político

Publicado em 10/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que 2018 muitas pessoas pedem o posicionamento de Ivete Sangalo sobre o governo Bolsonaro. Pois bem, em junho deste ano após fazer um post “isento” para lamentar os 500 mil mortos por covid-19, a baiana revelou não se sentir representada pelo governo Bolsonaro.

Eu acho que tem coisas que são muito evidentes e que muitas vezes se tornam dúvidas a partir de informações equivocadas“, comentou ela entrevista à Patrícia Kogut. “Então, eu sou cidadã, tenho consciência do que me protege, do que é bom para mim. Me posicionar contra a demora das vacinas é uma demonstração de amor gigantesca“, finalizou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ivete Sangalo ainda se justificou: “Acima de tudo, não só nos proteger, vamos proteger um ao outro. Não se vive só em sociedade, se vive em comunidade, em conjunto“, concluiu..

Popularidade de Ivete Sangalo sobe após protesto contra Bolsonaro

O comentário de Ivete Sangalo sobre o governo Bolsonaro “não lhe representar” acabou trazendo frutos para a cantora baiana. Segundo a jornalista Monica Bergamo, um estudo da consultoria Quest aponta um crescimento na imagem digital da cantora após a fala sobre o governo federal. O discurso da artista, causou indignação na web, após a baiana dizer que o assunto “não é sobre partidos, é sobre humanidade”.

Segundo apurado pela colunista, o Índice de Popularidade Digital (chamado IPD) caiu de 52,1 para 39,5 cerca de 24%, no dia 21. Porém, após nova publicação no dia 22 onde Ivete declarou não se sentir representada pelo governo federal, o IDP da cantora cresceu e voltou ao patamar de 59,6%.

Confira mais detalhes sobre o assunto clicando aqui!

Preta Gil, Fábio Jr e Diogo Melim elogiam Ivete Sangalo após protesto político

Recentemente, Juliette e Ivete Sangalo se posicionaram contra o governo Bolsonaro, contudo, isso fez com que elas perdessem alguns seguidores. De acordo com a ferramenta Social Blade, a ex-BBB, que tinha 31.122.000 seguidores no Instagram antes de sua postagem, agora tem 31.078.000, no caso, ela perdeu cerca de 45 mil seguidores.

Já a cantora baiana perdeu cerca de 50 mil seguidores na rede social após ter criticado o governo depois tanto tempo sem se manifestar sobre o assunto.

VEJA MAIS: Gay? Fiuk do BBB revela que integrante do One Direction flertou com ele

“500 mil mortos no Brasil! Não são apenas números. É uma terrível consequência da negligência da gestão do atual governo Bolsonaro. Eles tinham como ter evitado essa tragédia. É claro que é #ForaBolsonaro”, escreveu Juliette.

Ivete Sangalo, por sua vez, quebrou o silêncio e revelou que o Governo Bolsonaro não a representa. Vale ressaltar que a cantora baiana sempre foi cobrada para falar sobre política mas não tocava no assunto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio