Após intensas brigas, Taylor Swift está finalmente livre de sua antiga gravadora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs de Taylor Swift estão comemorando o fato de que a cantora está livre para regravar suas músicas após ter diversos problemas envolvendo seus álbuns Taylor Swift, Fearless, Speak Now, Red, 1898 e reputation.

A cantora engatou uma briga pública com sua ex-gravadora Big Machine Records no ano passado, após Scott Borchetta vender seu catálogo de músicas para o empresário Scooter Braun, deixando a cantora sem os direitos em decisões envolvendo suas próprias músicas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falando ao Good Morning America alguns meses atrás, Taylor Swift confirmou que estava regravando seus discos antigos e explicou que poderia fazê-lo em novembro.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry supostamente sai de gravadora e lança novo EP

“É algo que estou muito animada para fazer, porque meu contrato diz que a partir de novembro de 2020 poderei gravar os álbuns do primeiro ao quinta de novo, estou animada mesmo”, disse.

Vale lembrar que, somados, os álbuns de Taylor já ultrapassam a marca dos bilhões de reproduções e o dinheiro recebido é dividido com Scooter – mesmo ele não tendo feito parte da produção deles.

A hashtag #TaylorIsFree chegou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter neste fim de semana. Veja a reação de alguns fãs!

https://twitter.com/taylorn4zuera/status/1322938618097377280
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio