Após live, Boi Garantido tem surto do novo coronavírus e deixa 6 membros contaminados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma associação folclórica que participa do Festival de Parintins, no Amazonas, o Boi Garantido vem passando por um surto de Covid-19 entre seus membros. Ao menos seis artistas seguem contaminados pelo novo coronavírus, num estágio da doença em que os casos voltam a crescer em todo o Estado, deixando em alerta todo sistema de saúde em Manaus.

Os membros do Boi Garantido começaram a ser diagnosticados com Covid-19 ainda nesta segunda-feira (dia 4), cerca duma semana depois da realização de uma live no Teatro Amazonas, na capital. O evento aconteceu em 28 de dezembro e obteve apoio do governo estadual, reunindo dezenas de cantores, músicos e bailarinos. Dois dias antes, centenas de manifestantes protestaram em Manaus contra o decreto estadual que naquela ocasião proibia a abertura do comércio não essencial pelo período de 15 dias. A medida tinha o objetivo de conter a alta de casos de Covid-19.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Criador de série famosa DETONA participação de Justin Bieber: “Problemático”

O presidente da Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido, Antônio Andrade Barbosa, confirmou o surto de coronavírus entre membros da associação. Seguem infectados pelo vírus os levantadores de toadas Márcia Siqueira e David Assayag, o diretor geral musical, Enéas Dias, os compositores Rafael Marupiara e Rubens Alves, e também a coordenadora de backings vocals, Roci Oliveira. As informações foram publicadas pela revista Época.

David Assayag canta na live do Boi Garantido realizada no Teatro Amazonas em 28 de dezembro Foto: Reprodução
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio