jojo todynho
A cantora Jojo Todynho (FOTO: Reprodução)

Durante a quarentena, Jojo Todynho voltou falar com a mãe biológica. Quase chorando, a carioca relatou como aconteceu essa reaproximação em uma live intitulada “Papo de rainha”, da rainha de bateria da Beija-Flor Raissa de Oliveira.

“Não gostava nem que tocassem no nome da minha mãe biológica. Eu tinha muitas mágoas de coisas que aconteceram no passado. Minha mãe me ligou e disse que o Espírito Santo estava palestrando com ela a madrugada inteira. Ela disse: ‘Minha filha, se de alguma forma eu te magoei, te machuquei, eu estou aqui para te pedir perdão e dizer que eu te amo muito’. Quando ela falou isso pra mim, parece que saiu um peso que eu tinha na minha alma. Eu chorei como eu nunca chorei. Não tenho nenhuma mágoa, vou almoçar com a minha mãe semana que vem”, explicou Jojo, que foi criada por outra pessoa em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Na conversa, ela afirma ainda que, se pudesse, não estaria no cenário artístico: “Nem tudo que reluz é ouro, e nem tudo que parece ser é. Sou grata a Deus por que mudou a minha vida mas se eu pudesse eu nunca seria famosa porque é cada coisa que a gente vê. As pessoas que são consumidoras de internet, elas acham que elas sabem das coisas. Elas não têm noção da grandiosidade, dos absurdos, de quanto é sujo, de quantas coisas acontecem, e poucos sobrevivem. E é por isso que eu não me misturo, é por isso que eu não faço questão. Eu frequento mais a casa da Anitta, a casa de outras pessoas…raro. Eu não vivo muito no meio dos famosos, eu recebo convite de festas todos os dias e eu não vou. Prefiro estar com a minha família”.

Jojo Todynho também falou sobre as agressões que recebe nas redes sociais e diz que não se incomoda em ser chamada de gorda: “Gorda eu sou mesma. Eu fico triste com as pessoas quererem diminuir as outras. Vai mudar o que?! Vai acrescentar o que na sua vida você ir na timeline de uma pessoa que nunca te fez mal, nunca te falou nada e você querer destilar o seu ódio? É triste!”.

VEJA TAMBÉM: Anitta recebe alta de hospital e comemora volta pra casa: “Estou livre”

Ao falar sobre autoaceitação, a interprete de “Que tiro foi esse” revelou que se ama do jeito que é e que não se sente menor a nenhuma outra mulher: “Eu coloco a minha legging arrochadinha para ir malhar, eu acho que sou toda definida, eu estou achando que estou a Gracyanne Barbosa e os carros buzinam, os carros param e eu empino mais a bunda e estufo mais o peito e vou embora, eu acho que sou Gracyanne de roupa de academia. A gente tem que se achar”, diz a famosa.

Confira a live:

No final de maio, Jojo Todynho usou as redes sociais para lamentar a perda de dona Maria Helena, sua mãe de criação. “Eu vou ficar sumida do Instagram. Eu acabei de perder um dos meus amores maior, que me criou. Eu tô sem acrediar que minha mãe Maria Helena me deixou. Eu vou sumir, tá gente? Eu preciso sumir“, disse Jojo às lágrimas. 

Maria Helena foi mais uma entre tantas vítimas do Covid-19. Ela por ter mais de 60 anos era considerada parte do grupo de risco, além da idade dona Maria tambem era paciente de hemodiálise. Dona Maria Helena participou da criação de Jojo Todynho ao lado da avó da cantora, quando a artista ainda morava em Bangu, na Zona Oeste do Rio, com a família. Hoje, Jojo mora no Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste. 

Metade da mulher que me tornei, ela que me ensinou. O respeito ao próximo e os valores foram muito importantes na minha criação. Ajudou muito a minha avó e não posso nem me despedir“, lamentou a Jojo, através de sua assessoria.