Após neto ser baleado, Neguinho da Beija-Flor chora em velório e desabafa: “Foi um garoto alegre”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O neto do sambista Neguinho da Beija-Flor, Gabriel Ribeiro Marcondes de 20 anos, morreu após ser baleado durante um baile funk no Rio de Janeiro neste fim de semana.

O acidente aconteceu após as pessoas que estavam na festa começarem a trocar tiros com a polícia – que afirmou que o evento não tinha autorização.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O corpo foi velado no Cemitério de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense e o músico revelou: “Ele [Gabriel] era um menino bom, garoto bom. Estava nessa de armar a tenda e, segundo informações, esse lugar é perigoso”.

VEJA TAMBÉM: Quem era Tio Wilson, baterista do Lagum que faleceu este fim de semana?

“Ele foi lá botar a tenda e aconteceu na hora da operação, parece que houve troca de tiros lá por parte do pessoal e é isso. Meu filho também, eu tenho filho que também montava tenda, monta, mas a partir de agora essa atividade não vai exercer mais. É perigoso”, contou.

Segundo o G1, Neguinho ainda contou que o nome já exerceu diversas profissões: “Sempre foi um garoto alegre, bom de bola, jogava muito bem futebol, depois abandonou. Estava no Nova Iguaçu, treinando, depois resolveu abandonar. Depois aprendeu mecânica e, por fim, já estava com atividade de armar tenda e deu no que deu”.

Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio