demi-lovato-2
A cantora Demi Lovato (FOTO: Reprodução)

Demi Lovato parece estar confortável na vida da quarentena, após suas passagens pela reabilitação ao longo dos anos. E foi a própria cantora que falou sobre como vem lidando de maneira leve sobre o assunto numa participação no podcast Pesar com Jameela Jamil. No bate-papo, a cantora explicou sobre como suas experiências prévias teriam lhe ajudado a se preparar para o novo estilo de vida recluso que muitas pessoas em todo o mundo estão enfrentando graças à pandemia de coronavírus.

“O engraçado é que, eu sou uma pessoa caseira porque não amo a fama. Adoro poder alcançar muitas pessoas com minha música e ajudá-las. E adoro poder usar minha plataforma para um bem maior ,” ela explicou. “Mas quando se trata de paparazzi ou de ser reconhecida, coisas assim, essa não é uma parte que eu realmente goste, então fico em casa de qualquer maneira. Eu sou uma pessoa caseira.”

Mas foram suas passagens pela reabilitação na adolescência e após a overdose de 2018 que fizeram com que Demi Lovato se sentisse confortável com o isolamento social. “Estou muito mais acostumada à quarentena estava até brincando com alguns amigos que conheci no tratamento. Fiquei tipo: ‘Isso parece reabilitação'”, revelou ela.

VEJA TAMBÉM: Após overdose, Demi Lovato afirma que não é mais amiga de Selena Gomez

Você está trancado em uma instalação, que na maioria das vezes era como um lugar com aparência de casa ou com camas, exceto na reabilitação que você não tem acesso ao TV ou telefone, então isso é luxuoso”. A cantora acrescentou: “Você não pode ir à loja quando quiser ou fazer o que quiser. É apenas interessante. Eu fiquei tipo, ‘fico feliz por já ter feito isso algumas vezes na minha vida.'”

Mas só porque a cantora de “Confident” está confortável em casa, não significa que ela esteja necessariamente trabalhando duro em novas músicas. “Realmente não trabalho bem em casa. Se estou em casa, quero relaxar”, explicou ela. “Quero passar um tempo com quem quer que esteja e com meus cães. Apenas me saio melhor no estúdio. Me saio melhor no set. Não criei muito enquanto estava em quarentena, mas tenho feito um grande crescimento e isso está registrando em diários, meditando, orações guiadas, cultos no meu telefone, coisas assim. “

Demi esteve longe dos holofotes nos últimos meses após sofrer uma overdose quase fatal em julho de 2018 e, posteriormente, se concentrar em sua saúde mental. A artista vem dizendo que está agradecida por seus fãs terem demonstrado “paciência” ao esperar que ela se reorganizasse na vida e na carreira.