Após polêmica, Trent Reznor diz ter cortado relações com Marilyn Manson há 25 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Trent Reznor emitiu um comunicado sobre o antigo parceiro musical, Marilyn Manson que está sendo acusado de abusos físicos e emocionais por sua ex-namorada, a atriz Evan Rachel Wood e por outras quatro mulheres.

Trent se refere à autobiografia de Marilyn, “The Long Hard Road Out of Hell” que foi lançada em 1998.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No trecho, Marilyn Manson contou que ele e Trent Reznor abusaram de uma mulher que estava embriagada em 1990. 

“Tenho falado abertamente ao longo dos anos sobre a minha antipatia por Marilyn Manson como pessoa e cortei relações com ele há quase 25 anos“, disse o líder dos Nine Inch Nails ao Pitchfork.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Ao Pitchfork, ele falou sobre o assunto. “Como eu já disse anteriormente sobre isso, as memórias de Manson escritas no livro são invenções completas. Fiquei furioso e ofendido quando foi lançada e continuou assim até hoje”, o músico disse.

Em outra ocasião, para à Mojo, o cantor falou sobre o ex-parceiro.  “Marilyn Manson é um cara malicioso que pisa na cara de qualquer um para ter sucesso e cruzar qualquer linha de decência”, Trent declarou.

Trent Reznor foi o principal responsável pela ascensão de Marilyn no começo de sua carreira, contratou a banda do músico e também o convidou para sair em turnê.

(FOTO: Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio