O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Após todas as declarações polêmicas, Kanye West escolheu seu rancho para se refugiar. O rapper foi acompanhado pelos amigos, deixando sua esposa Kim Kardashian e os filhos do casal.

O rancho fica localizado em Wyoming. O cantor está aproveitando para focar no seu álbum, “Donda“, inclusive seu produtor executivo Damon Dash também está no local. Enquanto isso, familiares e amigos estão preocupados com a saúde mental de Kanye.

Kanye West se isola em rancho com amigos (Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Twitter)
Kanye West (de blusa vermelha_ e Dave Chapelle (de colete preto) com amigos (Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Reprodução/Twitter)

LEIA TAMBÉM: Luísa Sonza pede sugestão de tatuagem após fãs verem “rosto” de Bolsonaro no cotovelo

Acusada de tentar interná-lo, Kim Kardashian se manifesta sobre problemas mentais de Kanye West

Após Kanye West ir ao Twitter afirmar que há dois anos estaria tentando se separar de Kim Kardashian e que ela tentou interná-lo, foi a vez da empresária se manifestar sobre o assunto no Instagram na manhã desta quarta-feira (22). A socialite confirmou que o rapper possui um distúrbio bipolar e que é difícil conviver com alguém com tal condição.

“Como muitos de vocês sabem, Kanye tem um distúrbio bipolar. Quem tem isso ou tem um ente querido em sua vida sabe o quão incrivelmente complicado e doloroso é entender. Eu nunca falei publicamente sobre como isso nos afetou em casa, porque eu sou muito protetora dos nossos filhos e do direito de Kanye à privacidade quando se trata de sua saúde. Mas hoje, sinto que devo comentar sobre sua saúde, por causa do estigma e equívocos sobre saúde mental“, começou ela.

Kim abordou o fato da pessoa que sofre do distúrbio precisa querer se tratar e que os familiares e os amigos não possuem como fazer tal imposição. “Aqueles que entendem doença mental ou mesmo comportamento compulsivo sabem que a família não tem poder, a menos que o membro seja menor de idade. As pessoas que desconhecem ou estão distantes dessa experiência podem julgar e não entender que o próprio indivíduo precisa se engajar no processo de obter ajuda, por mais que a família e os amigos tentem”, explicou.

Por fim, Kim pediu para a imprensa e os fãs de Kanye terem mais empatia pela situação psiquiátrica do marido. “Viver com desordem bipolar não diminui ou invalida seus sonhos e suas idéias criativas, por maiores ou impossíveis de serem alcançados por alguns. Isso faz parte de seu gênio e, como todos testemunhamos, muitos de seus grandes sonhos se tornaram realidade. Nós, como sociedade, falamos em dar graça à questão da saúde mental como um todo, mas também devemos dar às pessoas que vivem com ela nos momentos em que mais precisam. Peço gentilmente que a mídia e o público nos deem a compaixão e empatia necessárias para que possamos superar isso. Obrigada a aqueles que expressaram preocupação pelo bem-estar de Kanye e por sua compreensão. Com amor e gratidão, Kim Kardashian West”, concluiu ela.