Após romper noivado, Demi Lovato abraça sua sexualidade: “Gay demais”

Cantora se sente "muito mais empoderada" após fim do relacionamento com ator

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Demi Lovato afirma que é “gay demais para se casar com um homem neste momento” depois de ter terminado o relacionamento com o ator Max Ehrich. Os dois ficaram noivos em julho de 2020, mas romperam em setembro.

Em nova entrevista, a cantora de 28 anos revelou que embora ela “sempre soubesse” que faz parte da comunidade LGBTQIA+, ela “abraçou plenamente” a sua sexualidade desde que ficou solteira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Gay? Fiuk do BBB revela que integrante do One Direction flertou com ele

“Independentemente do drama estar acontecendo ou não, sou gay demais para casar com um homem neste momento”, disse a ex-estrela da Disney, em entrevista ao Entertainment Weekly.

“Não sei se isso irá mudar em 10 anos ou se isso nunca irá mudar, mas adoro me aceitar como sou”, contou.

“A queer dentro de mim estava, tipo, pronta para explodir quando gravei o vídeo musical na Parada Gay [em Los Angeles].”, disse ela, se referindo ao videoclipe da música “I Really Don’t Care”. E completou: “Eu estava tão pronta para ser uma ativista. E então as pessoas me perguntavam: ‘Por que está tão apaixonada por isso?’. E eu me recusava a falar”.

Demi Lovato acrescentou que está “muito mais empoderada” desde que se separou de Max, e que se sentiu “bem” após retirar o seu anel de noivado de 450 mil dólares.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio