Após ser acusado de estupro, Nego do Borel exige R$ 45 mil de Duda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vida de Nego do Borel virou de ponta cabeça da noite para o dia. O músico se viu sendo acusado de traição, agressão, abuso psicológico e muito mais, pela sua ex-noiva, Duda Reis.

Com isso, nesta quarta-feira (13), o músico decidiu ir até a delegacia prestar queixa contra a modelo. Além disso, o cantor está exigindo R$ 45 mil de Duda pelas acusações de estupro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A defesa do funkeiro pede uma liminar para que os posts da influenciadora abordando a polêmica sejam excluídos das redes sociais, além de proibi-la de publicar novos vídeos, fotos ou textos abordando o tema.
A petição foi registrada no último dia 15. A ação judicial foi antecipada por Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo. 

Os advogados do funkeiro ainda afirmam que as acusações feitas por Duda Reis são irresponsáveis e levianas. O documento menciona ainda que, por causa do ódio, ressentimento e dor, a mesma difama e rebaixa o ex-parceiro para se convencer de que não perdeu muita coisa.

De acordo com o site Extra, no registro, de acordo com o artista, ele está sendo vítima de acusações mentirosas por parte da jovem, com quem terminou o relacionamento na última semana. Ela não aceitaria o fim do namoro de três anos e estaria “criando toda a movimentação social como forma de vingança”.

VEJA TAMBÉM: Ex de Biel culpa mãe do cantor por seu comportamento: “Sinto pelo que sua mãe fez com você com apenas 13 anos”

Ainda segundo a matéria, o registro foi feito na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) e Nego do Borel relata que tomou conhecimento dos fatos através das redes sociais. Ele afirma, ainda, que é falsa a afirmação feita por Duda de que ele a monitorava dentro de casa, gravando suas ligações telefônicas e manipulando vídeos em que ela era obrigada a dizer “coisas que seriam mentiras”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio