O rapper norte-americano R. Kelly (FOTO: Reprodução)

R. Kelly foi colocado em confinamento solitário em uma prisão de Chicago, Illinois, após ser espancado em sua cela por um outro presidiário.

Uma fonte do TMZ afirmou que o artista, que está atrás das grades aguardando julgamento por uma série de acusações de abuso sexual infantil, foi atacado em sua cela no Centro Correcional Metropolitano.

O representante legal de Kelly confirmou a denúncia, revelando medidas tomadas para proteger seu cliente. “Esse é o único lugar onde eles podem protegê-lo“, disse Steve Greenberg ao Page Six.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry dá à luz sua primeira filha, Daisy; saiba mais!

Meu entendimento é que toda vez que há um protesto pró-R. Kelly fora da prisão, eles trancam toda a instalação“, explicou ele, elaborando: “Quando eles fazem isso, os presidiários não pegam seu comissário, eles não não tomam banho, coisas assim e, como são bastante esporádicos, ficam chateados.”

Greenberg disse que todos na instalação foram penalizados: “porque as pessoas estão protestando em apoio a Kelly”.

Greenberg insistiu que R. Kelly não teve ferimentos graves, graças a agilidade dos guardas da prisão.

Ainda estou muito preocupado porque com certeza desta vez os guardas foram capazes de impedir rapidamente que algo acontecesse, mas o que acontece se alguém entrar em sua cela com uma haste ou algo assim? Ou os guardas estão ocupados fazendo outra coisa?” ele perguntou, concluindo: “Tivemos sorte desta vez.”