gusttavo lima
O cantor mineiro Gusttavo Lima (FOTO: Divulgação)

O cantor mineiro Gusttavo Lima resolveu rebater as críticas que recebeu do apresentador Décio Piccinini no ‘Fofocalizando’, do SBT. A atração abordava uma situação registrada na última quinta-feira (dia 19), quando Gusttavo Lima decidiu interromper um show para dar uma bronca na organização de um evento. A produção da Feira Agropecuária de Itapeva, município do interior do estado de São Paulo, tinha separado o público com enormes placas de metal. 

Foi então que Décio Piccinini afirmou que Gusttavo Lima foi “demagogo e hipócrita”, já que o senso comum sabe que o público de grandes shows, habitualmente, são divididos entre setores diferenciados.

VEJA TAMBÉM: Anitta manda indireta para quem queria “acabar com sua carreira”

No momento em que ele aceitou fazer o show, com aquele tipo de separação, ele tem que fazer o show e acabou. Essa coisa da separação sempre existiu por causa dos ingressos custarem cada um um preço diferente. Ué, ele que faça um ingresso único e aí salve-se quem puder!”, comentou o jornalista.

Num áudio enviado para o colunista Leo Dias, Gusttavo Lima se defendeu das críticas e explicou melhor a situação, reiterando que criticou uma espécie de parede metálica, sem aberturas e bastante alta que separou os fãs.

Existe essa separação em todos os shows, a gente sabe muito bem disso, a área open bar, o camarote, pista, mas é um gradil de 1,10m, 1,15m que a gente está acostumado a ver em todos os shows. Agora, placa dessa altura aí, 2 metros, 3 metros, é a primeira vez que eu vejo. Não é nem uma placa vazada, é uma placa cercada totalmente. É como se fosse uma parede de 2, 3 metros de altura separando o público do camarote da área da pista. Isso me deixou um pouco frustrado, mas só na hora”, esclareceu o sertanejo.