billie eilish
A cantora norte-americana Billie Eilish (FOTO: Reprodução)

Um juiz teria concedido uma ordem de restrição temporária apresentada por Billie Eilish e sua família contra um cidadão que invadiu sua propriedade várias vezes. De acordo com o TMZ, Prenell Rousseau, de 24 anos, começou a aparecer na residência de Eilish na segunda-feira passada. No total, ele invadiu a propriedade sete vezes.

Por causa disto, a residência de Billie Eilish passou a ficar borrada no Google Street View, após os problemas com perseguidor. A jovem de 18 anos mora em casa com sua família em Los Angeles e sua casa agora não aparece no mapa on-line do mecanismo de pesquisa, devido a preocupações com segurança e privacidade. Em vez disso, uma mensagem diz: “A localização deste mapa foi removida por questões de privacidade”. Embora o Google não remova completamente as imagens, ele desfoca a imagem, se solicitado.

VEJA TAMBÉM: Manu Gavassi já fez plástica no nariz e colocou silicone; veja o antes e depois

Billie Eilish e sua família não estavam preocupadas apenas com o próprio Rousseau, mas também com o fato de ele estar potencialmente disseminando o coronavírus. Ele não usava máscara ou luvas na maioria das vezes de suas investidas ao local. Segundo o TMZ, Rousseau começou a aparecer na residência de Eilish na segunda-feira passada. Rousseau supostamente tocou a campainha e o pai de Billie Eilish, Patrick O’Connell, atendeu a porta através da campainha.

“Acho que pode ser a casa errada, mas Billie Eilish mora aqui”, perguntou Rousseau. O’Connell disse a ele que ele tinha a casa errada. Rousseau supostamente retornou às 21h. e exibiu “comportamento errático”. “Enquanto esperávamos por segurança, o Sr. Rousseau permaneceu na nossa varanda, sentou-se e começou a ler um livro, enquanto continuava a se envolver em um jornal periódico”, disse Eilish. “Meu pai pediu várias vezes para ele sair, mas ele recusou.”

Billie Eilish and brother Finneas pictured at home during One World concert special
Atualmente, Billie está morando em Los Angeles com sua família (Foto: Backgrid)

É relatado que a segurança disse-lhe para sair, o que ele cumpriu antes de retornar logo depois e deitar-se atrás de um muro; aparentemente pronto para passar a noite. Rousseau voltou no dia seguinte e tentou entrar diretamente na residência de Billie Eilish, experimentando a maçaneta da porta. Billie Eilish disse que voltou sete vezes e foi preso duas vezes. Porém, considerar invasão é um crime não violento e as autoridades estão tentando conter a disseminação do coronavírus, permitindo que criminosos não violentos permaneçam nas ruas.

Billie Eilish também estava muito preocupada com a possível propagação do coronavírus. Das sete vezes que Rousseau invadiu, Billie Eilish diz que durante cinco delas ele não estava usando máscara. Nas duas vezes em que ele tentou entrar em contato, ele tinha uma máscara, mas a abaixou para falar com segurança. Rousseau também não usava luvas e freqüentemente tocava a maçaneta da porta e a campainha. É relatado que Rousseau foi colocado em um ônibus e enviado de volta ao seu estado natal, Nova York. No entanto, Billie Eilish teme que ele volte. O juiz concedeu uma ordem de restrição temporária exigindo que Rousseau cessasse o contato com alguém da família Eilish e ficasse a 200 metros de distância. A audiência está marcada para 1º de junho.