madonna
A cantora norte-americana Madonna (FOTO: Reprodução)

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teria chamado Madonna de feia e gorda após um encontro, depois da cantora o rejeitar há alguns anos.

A informação está presente no livro ‘Too Much and Never Enough: How My Family Created the World’s Most Dangerous Man’ (‘Demais e Nunca o Suficiente: Como a Minha Família Criou o Homem Mais Perigoso do Mundo’), obra ainda inédita de autoria de Mary L. Trump, sobrinha de Trump, conforme noticiou o jornal Daily Star.

“Ele tinha em mente uma coleção de mulheres com quem esperava sair, mas que depois que o recusavam elas se tornavam as piores, mais feias e mais gordas que ele já tinha conhecido”, conta a sobrinha de Trump.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

“Os maiores foras que ele levou foram da Madonna, que mastigou um chiclete de forma que ele achava ‘não atraente’, e a Katarina Witt, uma esquiadora olímpica alemã, dona de dois ouros olímpicos e quatro vezes campeão do mundo, que ele dizia ter ‘panturrilhas grandes demais’”.

Madonna e Trump (Foto: Reprodução)

Madonna não quis se pronunciar sobre a informação do livro até o momento. A rainha do pop, no entanto, é uma das mais ferrenhas críticas do governo Trump nas redes sociais. Em 2017, ela chegou a ser investigada pelas autoridades da Casa Branca por dizer em um protesto em Washington que sonhava em explodir a residência oficial do presidente.