O rapper paulista Mano Brown (Foto: Reprodução/Internet)

No mês de dezembro, um jogador de 11 anos do Uberlândia Academy, Luiz Eduardo Bertoldo Santiago, foi vítima de racismo durante um torneio em Caldas Novas. Com isso, muitas pessoas se sensibilizaram, entre eles, Mano Brown.

No vídeo que viralizou na web, é possível ver o menino extremamente abalado falando que ouviu diversas vezes um outro jogador falar “fecha o preto aí”. Contudo, após a grande repercussão, o menino ganhou um presente do Santos com uma camisa oficial do clube e dizendo: “Nós estamos esperando você aqui na Vila!”.

VEJA MAIS: Empresário se arrepende de festa na casa de Elba Ramalho: “Pedi desculpas”

Com isso, Mano Brown um recado para o menino: “Ser preto é orgulho, é elogio. Quando alguém te chamar de preto é elogio, pensa assim. Negro é a raiz da liberdade.” Além disso, o clube chamou o jovem atleta para uma avaliação no clube.