Após ser vítima de suposto estupro, Francinne tem clipes deletados do Youtube

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente, a cantora Francinne usou seu Instagram para denunciar o relacionamento abusivo que viveu com o produtor musical Mister Jam. Hoje, a cantora revelou que mais uma vez está sendo prejudicada pelo ex-namorado.

Segundo a cantora, todas as suas músicas que estavam sob o cuidado da Massiva Records, gravadora de Mister Jam, sofreram um “takedown”.  O termo se refere a retirada de suas músicas de todas plataformas e players.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Empresário se arrepende de festa na casa de Elba Ramalho: “Pedi desculpas”

Nesta quinta-feira (07), a cantora deu uma triste notícia para seus fãs, seu canal do Youtube, com mais de 34 mil inscritos acabou sendo deletado por conta de denúncias sobre direitos autorais.

Estou passando aqui para dizer que está tudo bem. Eu já sabia que isso ia acontecer com meu canal, eu já estava preparada e já tinha excluído todos os conteúdos que estava por lá”, explicou. “Inclusive hoje eu recebi o aviso do próprio YouTube que meu clipe de ‘Atura ou Surta’ estava disponível novamente, mas logo em seguida ele caiu” disse Francinne.

Em uma pesquisa na plataforma, o canal de Francinne está fora do ar e surge a seguinte mensagem: “Esta conta foi encerrada porque recebemos várias reivindicações de terceiros sobre violação de direitos autorais no material postado pelo usuário.”

(FOTO: Reprodução)

Relembre a acusação de abuso sexual:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio