Após sucesso de Billie Eilish, bedroom pop bomba na pandemia

Publicado em 3/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O bedroom pop, consagrado por Billie Eilish, é um estilo que cresceu nos últimos anos, entre 2018 e 2020. O avanço da tecnologia permitiu o maior acesso para que artistas e entusiastas pudessem iniciar produções mais elaboradas em suas casas. Na cena atual, se destacam artistas jovens que compõem, cantam, gravam e produzem entre as quatro paredes de seus quartos – assim como sugere o nome. 

A cantora americana Billie Eilish, que conquistou as cinco principais categorias do Grammy 2020, gravou o álbum “When We all Fall Asleep, Where Do We Go” com seu irmão, Finneas, em um estúdio improvisado dentro do quarto, como contou à Elle, em 2019. A artista foi uma das pioneiras do estilo musical, aos 17 anos. Recentemente, com o documentário “The World’s a Little Blurry”, Eilish mostrou os bastidores da produção do premiado disco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Happier Than Ever: Brasil é o 2º país que mais ouve o novo álbum de Billie Eilish

O canadense Wayfie, de 23 anos, também segue o mesmo caminho, primeiro como produtor e compositor, e agora como intérprete de suas próprias canções. Desde os 15 anos, o artista aprendeu a gravar e produzir as próprias músicas de casa, com seu computador pessoal, como conta.

Na foto, o cantor canadense Wayfie produzindo do próprio quarto

“Economizei meu dinheiro, comprei um Macbook Pro e ganhei um CD com o Ableton Live 8 Demo. Usando os tutoriais do YouTube, aprendi sozinho como programar padrões de bateria e compor canções originais e remixes. Lembro de usar alto-falantes do home theater do meu pai para mixar minhas músicas. Levei anos, mas eventualmente minhas músicas começaram a soar como soavam na minha cabeça.” 

Billie Eilish e Beabadoobee, nomes que trouxeram sucesso para o bedroom pop

O cenário do bedroom pop é formado, majoritariamente, por artistas independentes que, apesar de acesso – e até poder aquisitivo para adquirir os equipamentos – ainda não têm oportunidade de produzir em estúdio. Para Wayfie, “a produção em casa pode apresentar desafios inesperados, mas acredito que o ambiente doméstico cria uma atmosfera confortável, permitindo ao artista e aos colaboradores a oportunidade de criarem livremente, sem limitação de acesso ao estúdio.”

Além disso, durante o período pandêmico, o bedroom pop cresceu entre os artistas em ascensão, por causa das quarentenas que foram aderidas em diversos países pelo mundo. A filipina Beatrice Kristi Laus, criada em Londres, adotou a mesma estratégia em 2020. No quarto só com guitarra, baixo e microfone, a jovem compôs e gravou sua primeira música, com o nome artístico Beabadoobee. 

Em abril, o canadense Wayfie divulgou o single “I Just Wanna See My Friends”, produzido durante as duas semanas de isolamento que enfrentou ao contrair covid-19. Sem poder sair do quarto durante o verão, o artista sentiu falta dos momentos com seus amigos, e produziu a faixa. Em um estilo Indie Anthem-Pop, a produção une a gravação lo-fi do violão com os elementos mais atmosféricos que lentamente entram no arranjo. Uma curiosidade aparece no início da música, com sons de pássaros cantando ao fundo. A gravação foi feita pelo próprio artista na janela de seu quarto durante o isolamento e, segundo ele, representa “o som do belo mundo esperando além das fronteiras de um pequeno quarto”. 

“A produção doméstica geralmente adiciona uma atmosfera única às minhas gravações e, em muitas situações, pode introduzir sons de fundo específicos, como os pássaros audíveis em ‘I Just Wanna See My Friends”, finaliza. 

Acompanhe o artista:
https://www.instagram.com/itswayfie/  
https://www.youtube.com/channel/UC7TqscqbccYccIs7qB2tQvA/videos 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio