thelma
A participante do BBB e médica Thelma (FOTO: Divulgação)

A cantora Elza Soares, utilizou as redes sociais nesta quinta-feira (dia 2) para defender a apresentadora Maju Coutinho, e também Thelma Assis, participante do Big Brother Brasil 20. As duas famosas foram alvos de falas consideradas racistas do ex-diretor de TV da Bandeirantes, o empresário Rodrigo Branco.

O polêmico discurso despertou a ira de usuários nas redes sociais recentemente por falar que Maju Coutinho é “horrível, e está lá só pela cor”. Além disso, o famoso também chegou a dizer que as pessoas só torcem por Thelminha no Big Brother Brasil 20 pois “ela é negra coitada”. Confira a declaração de Elza Soares abaixo:

View this post on Instagram

Gentem, deixa eu falar uma coisa. Ontem, navegando pela internet pra acompanhar as notícias, me deparei com a fala de um ser que me deu calafrios e fez do meu café da manhã uma refeição amarga. Se não bastasse tudo que o mundo, que nosso país está enfrentado com essa pandemia cruel, temos ainda que combater a crueldade dessa doença chamada racismo. Desse câncer chamado machismo. Eu não vou citar o nome desse ser aqui na minha rede. Dona Rosália, minha mãe, mulher preta com muito orgulho, já dizia em seus sábios conselhos; “Elza, não dê palanque”. Tem um tipo de gente que mergulha no esgoto pra chamar atenção. Depois de pensar muito nessa situação horrível, eu resolvi falar de quem merece todos os aplausos. Você conhece a @majucoutinhoreal ? Eu conheço. Somos amigas! Maju é uma das maiores jornalistas e comunicadoras que esse Brasil, que o mundo já viu. Sim! Ela é mulher e negra e seu gênero ou cor da sua pele, não ajudaram ou a impediram se ser FODA! Maju venceu por seu talento, como tantas de nós vence diariamente, como vence a diretora de uma multinacional, como vence a dona de casa, mãe de família, que no fim do dia descansa com a sensação de dever cumprido e ao acordar tem que recomeçar tudo, porque pra ela nada vem de graça. @thelminha_assis não venceu por ser coitada. Eu não tive o prazer de conhecê-la ainda, mas com tudo o que vi e li sobre ela da pra afirmar que venceu porque é FODA, assim como Maju. Thelma é médica, bailarina e continua na batalha por seu maior prêmio. O reconhecimento do esforço que é igual a tantas de nós. Sujeito, escute!… horrível é falar pelos cotovelos e se achar melhor que outra pessoa, seja qual for sua cor ou gênero. Pra mim você faz tão mal a humanidade quanto esse vírus que estamos enfrentando. Guarde suas desculpas de internet pra si mesmo. Vai precisar delas quando se olhar no espelho. O mal que causou não tem volta. Não podemos mais tolerar esse discurso e acharmos que “fica tudo acertado” com um pedido de desculpas. Ahh… pra você que alimenta amizade com um sujeito desses, que utilizar os serviços do guia turístico que se autointitula “Prefeito de Orlando”, saiba… diga-me com quem andas e te direi quem és!

A post shared by Elza Soares (@elzasoaresoficial) on

Confira o texto na íntegra de Elza Soares:

“Gentem, deixa eu falar uma coisa. Ontem, navegando pela internet pra acompanhar as notícias, me deparei com a fala de um ser que me deu calafrios e fez do meu café da manhã uma refeição amarga. Se não bastasse tudo que o mundo, que nosso país está enfrentado com essa pandemia cruel, temos ainda que combater a crueldade dessa doença chamada racismo. Desse câncer chamado machismo.

Eu não vou citar o nome desse ser aqui na minha rede. Dona Rosália, minha mãe, mulher preta com muito orgulho, já dizia em seus sábios conselhos; ‘Elza, não dê palanque’. Tem um tipo de gente que mergulha no esgoto pra chamar atenção. Depois de pensar muito nessa situação horrível, eu resolvi falar de quem merece todos os aplausos.

VEJA TAMBÉM: Manu Gavassi vai ao banheiro no BBB e tem intimidade exposta: “Acabou com minha carreira”

Você conhece a Maju Coutinho? Eu conheço. Somos amigas! Maju é uma das maiores jornalistas e comunicadoras que esse Brasil, que o mundo já viu. Sim! Ela é mulher e negra e seu gênero ou cor da sua pele, não ajudaram ou a impediram se ser FODA! Maju venceu por seu talento, como tantas de nós vence diariamente, como vence a diretora de uma multinacional, como vence a dona de casa, mãe de família, que no fim do dia descansa com a sensação de dever cumprido e ao acordar tem que recomeçar tudo, porque pra ela nada vem de graça.

Thelma de Assis não venceu por ser coitada. Eu não tive o prazer de conhecê-la ainda, mas com tudo o que vi e li sobre ela dá pra afirmar que venceu porque é FODA, assim como Maju. Thelma é médica, bailarina e continua na batalha por seu maior prêmio. O reconhecimento do esforço que é igual a tantas de nós.

Sujeito, escute!… horrível é falar pelos cotovelos e se achar melhor que outra pessoa, seja qual for sua cor ou gênero. Pra mim você faz tão mal a humanidade quanto esse vírus que estamos enfrentando. Guarde suas desculpas de internet pra si mesmo. Vai precisar delas quando se olhar no espelho. O mal que causou não tem volta.

Não podemos mais tolerar esse discurso e acharmos que ‘fica tudo acertado’ com um pedido de desculpas. Ahh… pra você que alimenta amizade com um sujeito desses, que utilizar os serviços do guia turístico que se autointitula ‘Prefeito de Orlando’, saiba… diga-me com quem andas e te direi quem és!”.

Crédito: Reprodução/Instagram/TV Globo