Após suposto estupro, Francinne luta para reerguer a carreira

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Francinne tem vivido uma momentos de tensão após seu término com o produtor Mister Jam. Além de ter um “take down” em suas músicas, agora se sente livre para escrever sua própria história a partir de agora.

Após ter os vídeos retirados do Youtube, conforme mencionado aqui. A gaúcha contou em entrevista exclusiva segundo o POPline, que acredita que o o ex-companheiro vem agindo de má fé.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

“Além do impacto emocional, que tem sido grande, afinal, ninguém quer ver sua história sendo apagada e sua equipe sofrendo ameaças, também existe o impacto na carreira. Só meu canal oficial do YouTube, por exemplo, tinha mais de 34 mil inscritos. As faixas que são retiradas dos players deixam de gerar streams e perdem o seu histórico de números. A cada minuto que meu conteúdo segue fora do ar, as perdas são enormes”, ela disse.

No Youtube, 9 vídeos saíram do ar. Entre eles, “Cinderelas” com MC Rebecca que foi pago por ela e sua família. E “Segue O Baile”, com Clau. Outros vídeos como covers e conteúdos diversos também foram tirados da plataforma.

“Financeiramente falando, não recebo a monetização do meu trabalho. Também não posso performar minhas músicas em shows e apresentações (mesmo que virtuais). É uma bola de neve que não para de crescer e atrapalha muito, principalmente emocionalmente falando. O que mais me magoa é saber que meus fãs também perdem a possibilidade de curtir as faixas que tanto gostam”, disse a cantora.

Alguns dos vídeos gravados pela Universal Music começaram a sumir também. “Essa semana, alguns deles passaram a sumir deste canal também. Não sei dizer por qual motivo, pois ainda não fui informada oficialmente pela gravadora. Mas não é difícil de imaginar o porquê”, a gaúcha disse.

Para ver a entrevista completa feita exclusivamente pelo POPLine, entre aqui.

ASSESSORIA DE MISTER JAM COMENTA POLÊMICA E NEGA ESTUPRO

Ao Observatório da Música a assessoria do músico mandou a seguinte mensagem: “Atendemos a Massiva Music e o produtor e cantor Mister Jam há alguns anos e fomos surpreendidos com a notícia sobre a cantora Francinne, ex-namorada e agenciada do produtor. Não estamos aqui para atacar, mentir ou gerar polêmica, porque essas atitudes apelativas não combinam com meu assessorado, que tem longa e vitoriosa carreira musical e nunca teve de “lavar roupa suja” publicamente e nem apelar para vitimização.  Afinal assuntos jurídicos devem ser resolvidos no Fórum. O termo “estupro” é extremamente pesado, gerou uma série de problemas e já foi devidamente esclarecido há alguns meses, através de vídeos e até mesmo entrevistas. Não entendemos porque o assunto está voltando aos holofotes. O caso encontra-se em juízo, aguardando parecer superior, assim como o caso de takedown das músicas que pertenciam à Massiva Music. Estamos na torcida para que seja solucionado da melhor forma possível e que todos possam seguir com suas carreiras livremente”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio