Após tentativa de suicídio, Tamar Braxton se pronuncia pela primeira vez

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quinta-feira (30), a cantora Tamar Braxton escreveu um longo texto para os seus fãs no Instagram. É a primeira vez que ela se pronuncia desde que foi internada após uma tentativa de suicídio.

Na publicação, a artista agradeceu pelo apoio que recebeu enquanto estava internada. Também falou sobre o quanto a indústria do entretenimento afetou a sua saúde mental nos últimos anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA TAMBÉM: Evandro Mesquita diz que descobriu sintomas de Covid-19 no BBB20: “Apavorado”

Obrigada a cada um que rezou por mim, pensou em mim, me enviou amor ou me demonstrou apoio. Neste momento, minha única responsabilidade é ser verdadeira comigo mesma e com aqueles que realmente me amam e se importam com a minha cura”, escreveu. “Compartilhei com vocês os meus dias mais felizes, e sei que compartilhar os meus dias mais sombrios será a luz para qualquer homem ou mulher que está sentindo a mesma derrota que senti apenas uma semana atrás.

Tamar continuou a mensagem dizendo que todo mundo tem o sonho de chegar “a um lugar ideal no futuro“, que inclui ser quem escolhemos ser e ter seus filhos e famílias em segurança, e contou que ela acreditava que era possível ter esses desejos coexistindo com o “simplesmente ser feliz”. “Eu acreditava nisso como uma mulher negra, como uma artista e como uma influência“, disse.

Então, a artista afirmou que, nos últimos 11 anos, recebeu promessas de que sua história seria “protegida e retratada com autenticidade e honestidade“, mas que ela acabou sendo enganada. “Fui traída, usada; trabalhei demais e ganhei menos do que deveria”, escreveu. “Escrevi uma carta dois meses atrás pedindo liberdade do que achei que era excessivo e injusto. Expliquei em detalhes a queda pela qual estava passando. Meu grito por ajuda foi totalmente ignorado.

Tamar Braxton confessou que sentia que a pessoa que ela era de verdade deixou de ter importância. “Apenas o que eu fosse na televisão importaria. Estava testemunhando a morte lenta da mulher que eu havia me tornado, [e] isso me tirou a coragem de lutar“, disse. “Sentia como se eu não estivesse mais vivendo; estava existindo pelo propósito de trazer dinheiro e audiência a uma corporação, e isso me matou.”

Distúrbios mentais são reais. Temos que naturalizar o reconhecimento deles, e parar de associá-los à vergonha e à humilhação. Nos prometem oportunidades, mas nos dão exploração, o que só resultou na má representação de pessoas negras em programas de televisão”, apontou.

Tamar Braxton finalizou sua mensagem dizendo que está se recuperando, e prometeu lutar para trazer práticas éticas ao ramo dos reality shows. E completou: “Meu amor à minha rede de apoio e a todo mundo que escolheu me amar quando eu não me amava mais é infinito; serei eternamente grata. Rezo para que vocês fiquem comigo e tenham coragem o bastante para compartilhar a verdade de vocês mesmos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio