Sam Alves, vencedor da segunda edição do The Voice Brasil (FOTO: Reprodução)

O cearense Sam Alves foi o grande vencedor da segunda edição do programa The Voice, em 2013. E, em entrevista ao GShow, o cantor falou sobre os desafios que enfrentou após o fim do programa.

Em 2018, Sam Alves se mudou para os Estados Unidos para tentar carreira musical focada na língua inglesa. Aqui no Brasil, ele revelou que se sentia restringido em relação a suas preferências musicais. “Quando tive oportunidade de sair do contrato, pude planejar a volta para os Estados Unidos, um trabalho mais independente, pude fazer as coisas do meu jeito, no meu tempo”, contou.

E quando chegou ao país, ele começou a trabalhar como motorista de aplicativo em Orlando, na Flórida, para ganhar dinheiro extra e não precisar usar o dinheiro guardado. “Era uma forma de me manter sem comer o dinheiro da poupança. Depois, quando me mudei de Orlando para Nova York, não fiz mais”, revelou.

Campeão do 'The Voice', Sam Alves declara ser gay | VEJA
Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM: Assim como Billie Eilish, veja 10 cantoras que chocaram ao mostrar seus “corpos reais”

Sam Alves também falou sobre a pandemia do novo coronavírus e deu detalhes do período em quarentena. O cantor chegou a ganhar 15 quilos e diz estar feliz com o novo corpo. “Engordei uns 15 kg na quarentena, mas quero manter o peso e transformar a gordura em massa muscular. Estou com 74/75 kg e estou me gostando assim”.

Para se manter saudável, o ex-The Voice contou que está adotando uma boa alimentação: “Tenho mudado minha alimentação nas últimas semanas para comidas mais orgânicas e naturais e malhado para poder ter a aparência que eu desejo, e não o peso em si”.