Ludmilla
A cantora fluminense Ludmilla (FOTO: Reprodução)

O jornalista Marcão do Povo voltou a se manifestar a respeito do processo que a cantora Ludmilla abriu contra ele por injúria racial, em 2017, após chamá-la de “macaca” no Balanço Geral DF, da Record. Em uma declaração à coluna de Fábia Oliveira, no jornal O Dia, o atual apresentador do Primeiro Impacto, do SBT, afirmou que é inocente e vive uma injustiça. “Fui condenado sem ser julgado“, disse.

Acredito que no início eu fui condenado sem sequer ser julgado pela Justiça, mas agora terei meu direito de defesa nos tribunais. Acredito que Deus fará tudo da maneira Dele. Acredito muito na Justiça“, declarou.

Marcão do Povo comandando o Primeiro Impacto, do SBT (FOTO: Reprodução)

Sobre as declarações controversas que costuma dar ao vivo no programa, e que já acarretaram suspensões e demissões, Marcão negou o rótulo de “polêmico”. “Eu acredito que minha carreira tenha muitas polêmicas, até porque sempre eu digo que eu falo muito com o coração. Acredito que ninguém sai de casa com a intenção de errar. Não me julgo um apresentador polêmico, apenas tento ser um apresentador verdadeiro“, completou.

LEIA TAMBÉM: Iggy Azalea publica meme de bonecas ironizando suas cirurgias plásticas

Já sobre a possibilidade de comandar o novo Aqui e Agora, na emissora de Silvio Santos, Marcão brincou: “Se me pagarem o que ofereceram para o Datena… Sim! (risos).”