Aretuza Lovi
A cantora Aretuza Lovi (FOTO: Divulgação)

Depois de um pequeno hiato fora dos holofotes, a drag queen Aretuza Lovi está voltando com tudo e promete fazer muito barulho em 2020. A cantora apresentou seu single de retorno, “I Love You Corote”, produzida pelo badalado trio DOGZ.

Tanto a faixa com toques de forró, quanto o divertido clipe estrearam nesta sexta-feira (dia 24) no YouTube e em todas as plataformas digitais. O vídeo conta com a participação do ex-BBB Wagner Santiago, como par romântico da drag queen. Confira abaixo:

Ainda segundo Aretuza Lovi, não apenas “I Love You Corote” mas o seu novo EP trarão muitas referências e homenagens ao Nordeste. Em entrevista ao Observatório de Música, Aretuza nos revelou toda a história por trás da composição de sua nova canção e muito mais.

Confira abaixo:

-Por qual motivo você fez de 2019 um ano sabático?

Olha na verdade, eu fiz bastante show em 2019, fiz vários merchans, eu tive a faixa “Geladinho” que trabalhei mas não lancei videoclipe, muitos me perguntaram isso, mas a verdade é que eu só não fiz o que a maioria faz. No mercado musical, todos querem hit atrás de hit, clipes cada vez mais produzidos e eu queria a minha verdade, sabe. Eu cheguei à conclusão de que eu quero trazer o Nordeste no meu som, eu tirei o ano para estudar muito, eu compus muita coisa e fiz tudo com calma”.

– De que forma você definiria o som seu, então?

É a música popular, a farofa, música para o povão, sabe. Eu resgatei muitas origens neste meu novo EP, e ele é uma grande homenagem ao Nordeste”.

– Dentro da drag music nós temos nomes muito bem segmentados; vejamos: Lia é o funk, Gloria Groove traz suas raízes do hip-hop e a Pabllo Vittar é o pop e o Nordeste. Isso lhe prejudicou de alguma forma? Você sentia alguma pressão para encontrar uma identidade, logo?

Olha, eu fui percussora no drag music. Há 8 anos atrás, eu fui a primeira drag queen a gravar videoclipes e cantar música popular brasileira. Até chegar ao meu primeiro single, o “Catuaba” eu já havia feito muita coisa!“.

– Quem foi a sua maior inspiração artística para o novo single?

Quando eu sai de casa, eu era fissurada em forró. Um show de forró era um verdadeiro espetáculo – ainda é, mas antes era algo ainda maior. Era um verdadeiro show de drag. (risos). Tinha pirofagia, várias trocas de roupas. E quando fui morar em Belém, eu trabalhei como camareiro de hoteis, acompanhei várias bandas de Forró. Ver o Calcinha Preta era como admirar a Beyoncé hoje em dia, para mim. Hoje nós somos amigos e eu sempre me lembro desta fase, é muito engraçado para mim isso. O forró me ajudou muito pois eu sempre quis ser uma drag musical”.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Capa do single “I Love You Corote” de Aretuza Lovi (ERNNA COST)

-Vamos falar sobre “I Love You Corote”, então? Eu fique sabendo que a música teve como inspiração um show da Pabllo Vittar, é isso mesmo?

“Eu estava num show da Pabllo Vittar e o povo tava tudo bebendo Corote, e eu só observando isso, sabe. Assim que entrei no avião comecei a compor a letra e liguei para Keveny que é a co-compositora da faixa. Eu via a forma que eles bebiam aquilo, como se não houvesse o amanhã e achei que daria um história. “I Love You Corote” é uma música que fala sobre uma nova paixão, e este amor é na verdade o amor pela bebida (risos). “I Love You Corote” é um forró tecnobrega bem gostoso”.

-E o EP novo já tem data ?

Sai este ano depois do carnaval, mas ainda não temos uma data definida. A gente dividiu o EP em duas partes – a primeira tem 5 músicas e segunda eu ainda estou finalizando”.

– Vamos ter feats. nesse EP ?

Sim, tem parcerias com nomes já conhecidos e a produção e composição tem a minha assinatura além do DOGZ e da Keveny, uma compositora trans da Bahia que é talentosíssima e eu amo muito. E agente tem o Noize Man também que fez um trabalho lindo! Eu estou muito feliz e estou apostando muito nesta minha nova fase”.