Ariana Grande
A cantora norte-americana Ariana Grande (FOTO: Divulgação)

Nesta quinta-feira (dia 19), a cantora norte-americana Ariana Grande completou na conta do Instagram @sweetener um mosaico que revelava a tracklist completa do novo álbum “Sweetener”.

VEJA TAMBÉM: Vagina, Michelangelo e Tarantino: entenda o novo clipe de Ariana Grande

Serão 15 músicas, incluindo parcerias com Pharrell, Nicki Minaj e Missy Elliott. O álbum inclui uma faixa de interlúdio chamada Pete que a cantora fez em homenagem ao noivo Pete Davidson. Atualmente em pré-venda, o quarto álbum de Ariana Grande tem previsão de lançamento para 17 de agosto de 2018.

Veja:

1. Raindrops
2. Blazed ft. Pharrell
3. The Light Is Coming ft. Nicki Minaj
4. REM
5. God Is a Woman
6. Sweetener
7. Successful
8. Everytime
9. Breathin
10. No Tears Left To Cry
11. Borderline ft. Missy Elliott
12. Better Off
13. Goodnight And Go
14. Pete
15. Get Well Soon

Equipe de Ariana Grande rebate acusações de plágio em “God is a Woman”

O clipe “God Is A Woman” de Ariana Grande foi um sucesso de audiência e de crítica tendo sido considerado o clipe mais artístico na carreira da cantora. Só que o vídeo vem recebendo uma acusação de plágio. Um perfil no Instagram que é influente no mundo da moda, acusou a cantora de ter copiado uma peça publicitária de ninguém menos que Jean Paul Gaultier.

O usuário @diet_prada, que costuma divulgar casos de plágio, acusou os responsáveis pelo novo clipe da cantora de copiarem uma propaganda de 1993 ao mostrar Ariana Grande gigante e amamentando três rapazes, uma clara referência a Rômulo e Remo, fundadores da cidade de Roma na mitologia italiana.

Confira abaixo a comparação:

Só que a equipe de Ariana Grande confirmou que a cena realmente foi inspirada na propaganda e que entrou em contato com a marca para obter a autorização para usar o conceito. Segundo eles, tudo não passou de uma autorizada homenagem ao icônico designer Jean Paul Gaultier.

“God Is A Woman” é o segundo single do disco “Sweetener”, que será lançado mundialmente no dia 17 de agosto. Com uma semana desde que foi lançado, o vídeo já acumula mais de 30 milhões de acessos no Youtube.