Assim como Harry Styles, confira outros artistas que desafiaram as normas de gênero

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após Harry Styles ser o primeiro homem a estampar sozinho a capa da Vogue e ter arriscado aparecendo de vestido nas fotos, muito se comentou sobre os artistas que, assim como ele, desafiaram as “normas de gênero”.

Confira outros cantores que também fizeram sucesso ao enfrentar o preconceito e colocar a cara a tapa para desmistificar o conceito de “roupas para homens e mulheres”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

JADEN SMITH

Jaden Smith tem apenas 22 anos, mas foi um aventureiro pioneiro do gênero. Ele jpá posou com uma saia para uma campanha da Louis Vuitton, e chegou a comentar para a revista Nylon que esperava tornar a vida mais fácil para outros indivíduos de gênero fluido no futuro.

FOTO: Reprodução

MILEY CYRUS

Miley Cyrus, falou abertamente à revista Variety sobre suas experiências pessoais com gênero. “Durante toda a minha vida não entendi meu próprio gênero e minha própria sexualidade”, disse ela.
Quebrando tabus, ela ainda revelou: “Eu nunca penso em alguém sendo um menino ou alguém sendo uma menina”.

FOTO: Reprodução

LIL NAS X

Um ícone para a comunidade LGBTQ+ negra, Lil Nas X foi corajoso o suficiente para, no inicio e auge de sua carreira, se assumir e desafiar as regras de gêneros. Dono de um dos maiores hits do ano passado, o rapper chegou a ser criticado por artistas como 50 Cent.

FOTO: Reprodução

BAD BUNNY

Desde sua estreia em 2015, a Bad Bunny não se intimidou com seus pensamentos sobre os papéis de gênero que a sociedade atribui às pessoas. Em entrevista para a GQ, o astro latino falou sobre “como iniciar conversas sobre fluidez de gênero”. O astro disse que entende que não é um revolucionário nesse campo e recebe a troca de ideias entre seus fãs.

FOTO: Reprodução

TROYE SIVAN

O cantor nascido na África do Sul e naturalizado australiano Troye Sivan já demonstrou em diversas ocasiões não se importar com a opinião de outras pessoas sobre ele e seu estilo. Ele já declarou: “Eu tenho que ficar confortável com o fato de que às vezes sou meio afeminado, que eu quero pintar minhas unhas. Superar todas aquelas regras estúpidas que a sociedade incutiu em você quando criança sobre gênero e sexualidade é uma tarefa consciente”.

FOTO: Reprodução

JANELLE MONÁE

Em uma entrevista para a Variety, Janelle Monáe esclareceu parte da confusão em torno de sua identidade de gênero, explicando que embora ela pare de se chamar de não binária, ela definitivamente não a vive vida de uma forma binária. “Eu sinto meu feminino, sinto meu masculino, sinto uma energia que realmente não posso explicar”, disse.

FOTO: Reprodução

VEJA TAMBÉM: Katy Perry traz diversidade para o vídeo de “What Makes A Woman”

DAVID BOWIE

Conhecido tanto por suas transformações físicas quanto por suas inovações musicais, David Bowie foi um ícone em todos os sentidos – e isso inclui a luta, nada discreta, pela quebra de normas de gêneros. Durante grande parte dos anos 70, o astro assumiu uma pose de androginia desafiadora e inspirou muitos jovens que achavam que não se encaixavam no molde heterossexual ou nos binários convencionais de homem e mulher.

FOTO: Reprodução

HARRY STYLES

Por fim, a razão inicial desse artigo! Harry Styles, mesmo antes de sua polêmica capa da Vogue, já demonstrava não se importar com as regras impostas pela sociedade. “Quando criança, eu definitivamente gostava de vestidos elegantes. Eu era muito jovem e usava meia-calça para isso. Lembro que era uma loucura para mim usar meia-calça. E foi talvez aí que tudo começou!”, disse ele.

FOTO: Reprodução
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio