Assistente de Freddie Mercury revela quando o cantor suspeitou ter AIDS

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos maiores fãs-clubes do Queen e de Freddie Mercury, compartilhou uma rara entrevista com o assistente pessoal do músico, Peter ‘Phoebe’ Freestone, revelando se ele sabia ser HIV positivo antes de ser diagnosticado em 1987.

Como muitos de vocês devem saber, o icônico vocalista Freddie Mercury não foi diagnosticado com AIDS até 1987. No entanto, uma vez que a maioria dos cientistas e médicos nem sabiam o que estavam olhando naquela época devido à falta de informações sobre AIDS, Mercury faleceu em 1991 aos 45 anos devido a complicações da doença.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com alguns de seus fãs, Freddie supostamente já sabia que era HIV positivo antes do diagnóstico, pois a AIDS estava se espalhando pelo mundo rapidamente e Freddie estava ciente de que algo estava errado com ele. No entanto, nenhuma explicação oficial veio dele ou de seus companheiros de banda até seu diagnóstico definitivo.

Freestone também revelou que embora Freddie soubesse que havia algo errado acontecendo, ele ignorou sua doença, pois pensava que isso não aconteceria com ele. Mesmo após o diagnóstico, Freddie estava em negação de acordo com Phoebe.

VEJA TAMBÉM: Após assumir romance, Tierry posta foto ao lado da ex-BBB Gabi Martins

Aqui está o que o entrevistador perguntou:

Freddie alguma vez suspeitou que era HIV positivo antes de 1987?”

Aqui está o que Phoebe afirmou sobre a reação de Freddie Mercury à doença:

Não sei ao certo, tudo o que posso fazer é conversar sobre isso. Suponho que Freddie pudesse ter pensado nisso, mas não tenho certeza se ele suspeitou que estava doente. Muitos de nós, humanos, temos a tendência de pensar o pior quando temos um pequeno problema de saúde.

Freddie sabia sobre o surgimento do vírus HIV / AIDS ao redor do mundo, e sabia de amigos morrendo da doença, então obviamente isso passou por sua cabeça. Ele pode ter pensado que estava infectado, mas novamente, como muitos de nós, ele colocou isso no fundo de sua mente, pensando ‘isso não vai acontecer comigo’.

Você deve se lembrar que naquela época era realmente uma sentença de morte, ainda é hoje, mas agora o fim pode ser adiado. Acho que no início de 1987 Freddie teve uma boa ideia de que estava doente, mas ainda adiou a confirmação pelo maior tempo possível.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio