Astro do BTS se declara para o grupo: “Me deixou uma pessoa mais leve”

Publicado em 5/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente, o BTS participou de um vídeo de perguntas e respostas para o WIRED inspirado nas pesquisas do Google. Uma das perguntas, foi: “Como o BTS mudou minha vida?“.

Jin foi extremamente profundo e grato em sua resposta: “Antes, eu era um pouco obscuro e pesado, agora eu me tornei uma pessoa mais leve“, soltou ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

J-Hope, por sua vez, disse: “para mim, o BTS se tornou um sinal de resposta, como meu nome. Depois de um tempo, eu não parei de acreditar e se tornou real“, continuou ele. Vale ressaltar que Hope significa esperança.

RM completou: “BTS influenciou em tantos aspectos de nós mesmos. Se não fosse o BTS, eu não acho que eu continuaria com a música“.

BTS: Jin aparece de penetra em foto de pai e irmã de Miley Cyrus

Com seus visuais deslumbrantes, personalidade encantadora e carisma irresistível, há algo especial em Jin, do BTS, que atrai as pessoas. Porém, além de todas essas qualidades também podemos chamar o músico de “penetra”. Brincando, obviamente!

O motivo? Bom, recentemente viralizou uma foto antiga do pai de Miley Cyrus, Billy Ray Cyrus, e sua irmã, Noah Cyrus. Mas, o que chamou atenção mesmo foi a cabeça de Jin, que aparece na foto. A fotografia foi tirada em 2020, no Grammy Awards.

Embora o astro do BTS não fosse o foco principal da foto, ele acabou conseguindo roubar e chamar toda atenção para si. Além disso, não podemos deixar de falar que mesmo despreparado, Jin é extremamente lindo.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

BTS “não tem medo de falar das dores da geração atual” em seus hits

O BTS está em alta, não só pela sua música e genialidade, mas pela sua empatia e carinho com os ARMYs. O grupo sul-coreano além de lançar hits incríveis, tem também algumas faixas que falam sobre assuntos pessoais e profundos, e consequentemente, vão contra a corrente do K-Pop, ao escrever as próprias letras e se envolverem na produção.

Segundo informações do Cheat Sheet, todos os integrantes do BTS são extremamente envolvidos em cada detalhe: “Não tem medo de falar das dores da geração atual. Respeitam a diversidade e justiça, os direitos dos jovens e dos marginalizados. Todos esses fatores agiram em favor deles,” disse Bang Si-Yuk, CEO da empresa do grupo, à revista Time.

“Gostamos de ser sinceros quando o assunto é música, então falamos das nossas histórias pessoais e, naturalmente, cobrimos vários tópicos,” disse Suga em entrevista ao Hindustan Times. Isso faz com que os meninos do grupo consigam captar cada vez mais os sentimentos dos ARMYs, e eles acabam se sentindo mais próximos de cada fã: “Expressamos tudo isso através da música, performance e outros canais. Isso nos aproximou da ARMY.”

BTS: ‘Butter’ tem melhor desempenho nos EUA do que na Coreia do Sul

BTS com certeza agradou os fãs norte-americanos com “Butter”, seu segundo single em inglês. Prova disso é que o hit passou sete semanas consecutivas no topo da Billboard Hot 100. Com essa impressionante conquista, a música obteve um desempenho melhor nos Estados Unidos do que no país natal da banda, a Coreia do Sul. As informações são do jornalista especializado em música Hugh McIntyre, da Forbes.

“Butter” estreou em primeiro lugar na Hot 100 – contabiliza streaming (áudio e clipe oficial), airplay nas rádios e dados de vendas em território americano. O single ficou na liderança até a atualização desta semana, quando foi destronado por “Permission to Dance” – outra música do grupo.

Além disso, “Butter” também passou suas primeiras 7 semanas no topo do ranking Digital Song Sales, vendendo mais de 100.000 cópias em cada uma delas. Já é o título mais vendido do ano nos Estados Unidos e pode muito bem terminar 2021 na liderança.

Pode-se supor que, pelo sucesso de “Butter” nos Estados Unidos, o single teria um desempenho ainda mais espetacular na Coreia do Sul, onde BTS é ainda mais famoso. No entanto, este não é esse o caso.

“Butter” rapidamente alcançou o primeiro lugar no Gaon Digital, a parada de singles da Coreia do Sul, que usa uma metodologia semelhante à da Hot 100. A faixa passou as sete semanas no top 10 na lista de canções mais populares do país, mas apenas cinco delas no topo. Atualmente está em 4º lugar e a nova música “Permission to Dance” estreia em 9º.

Na parada de download do Gaon, que classifica as músicas mais vendidas na Coreia do Sul, “Butter” passou apenas duas semanas no topo e passou figurou entre as 10 primeiras nas outras semanas. Atualmente está em 21º no ranking, enquanto “Permission to Dance” estreia na liderança.

BTS emplaca dois álbuns na parada mundial da Billboard

Ninguém segura o BTS! Além de conseguir substituir a si mesmo na Hot 100, o grupo domina a parada mundial de álbuns da Billboard, na atualização desta semana. O grupo sul-coreano aparece duas vezes, com os discos Map of the Soul: 7 e Love Yourself: Answer. As informações são do jornalista especializado em música Hugh McIntyre, da Forbes.

Na semana passada, Map of the Soul: 7 havia caído para a 3ª posição, mas conseguiu seu retorno triunfal ao topo na atualização desta semana. Já Love Yourself: Answer, que completa sua 150ª semana na parada, voltou ao Top 10, escalando do 13º para o 7º lugar.

Este é o segundo disco do BTS a alcançar 150 semanas na parada mundial de álbuns, seguindo os passos de Love Yourself: Tear, que passou 151 semanas (até o momento).

Além disso, vale destacar que o BTS não é o único artista sul-coreano no “World Albums Chart”. O girl group Loona conseguiu emplacar seu novo EP “[&]” em 14º lugar da parada. O ranking considera apenas os 15 títulos mais consumidos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio