A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

O álbum “folklore” já superou todas as expectativas da própria Taylor Swift e agora, uma fã brasileira decidiu registrar o disco em seu corpo! Na última quarta-feira (05), a atriz Ana Paula Glöckner tatuou, dessa vez, a mão para o registro definitivo em homenagem a estrela country. Para quem pensa que é o primeiro rabisco, está muito enganado – a curitibana, de 31 anos, registra na própria pele cada novo álbum lançado pela Taylor, ao todo, a moça já tem 11 tatuagens!

Ela não se recorda de quando começou, mas os primeiros álbuns tatuados são inesquecíveis. Para começar, um deles está entre os seus prediletos: “RED”. O segundo marca o ano em que ela também nasceu, que é “1989”. E o terceiro, “Speak Now”, Ana Paula diz que é uma “verdadeira adoração”. “Então pensei: por que tatuar só um? Foi aí que começou a minha ideia em tatuar os álbuns. Tatuei primeiro esses três”, lembra.

VEJA TAMBÉM: Em arte incrível, IZA, Preta Gil e Thelma do BBB surgem ao lado de Beyoncé

Após os primeiros rabiscos, ela não parou mais. “Tatuei o ‘Fearless’ e depois disso comecei a tatuar os álbuns conforme eles iam sendo lançados”, explica.

Além dos álbuns, o número 13, uma cobra e outros desenhos também foram feitos em alusão à Swift.

Ana Paula revela que acompanha a Taylor desde o início da carreira. “Como nós temos a mesma idade, nós ‘crescemos’ juntas. E eu fui acompanhando o desenvolvimento dela ao longo desses anos todos”, diz.

Taylor Swift chegou elogiar as tatuagens da brasileira em um show que ela foi.

A atriz Ana Paula Glöckner tem tatuagens de todos os álbuns de Taylor Swift (Foto: arquivo pessoal)

“Eu estava espremida numa grade, esperando ela passar por uma passarela, gritando aos sete ventos para ela olhar as minhas tatuagens, e foi quando ela de fato passou a mão no meu braço e disse que elas eram muito bonitas. Me olhou nos olhos e falou um “I love you”. Foi o momento mais emocionante que eu vivi como fã, sem dúvidas”, diz a atriz. “Mal consegui ficar em pé depois que isso aconteceu (risos)”, relembra.

“Swifitie Arm”

Ana Paula explica que tatua desenhos em homenagem à Taylor Swift porque ama o trabalho dela e a admira muito como pessoa. “As minhas tatuagens são uma forma de expressar coisas que me trazem felicidade”, afirma. “Eu brinco que meu braço se chama ‘swiftie arm’ e que ele é meu braço direito. Eu amo todas as minhas tatuagens, cada uma tem sua história, cada uma tem seu lugarzinho”, acrescenta.

Ana Paula tatuou o número 13 em alusão à artista (Foto: arquivo pessoal)

O disco “folklore” já garantiu seu espaço. “Eu estou completamente apaixonada pelo ‘folklore’. Eu sempre preferi a Taylor Swift da época country, com uma pegada mais calma. Nunca fui muito das farofas do pop, apesar de reconhecer todo o valor que a parte pop da carreira da Taylor tem”, frisa.

Tatuagem do álbum mais recente de Taylor Swift foi feita na última quarta-feira (04) (Foto: arquivo pessoal)

Não foi à toa que ela foi certeira na escola da tatuagem com o nome do disco que chegou quebrando recordes de vendas. “Esse álbum folk caiu como uma luva, ainda mais nesse momento em que estamos vivendo. Parece que ele foi escrito justamente pra gente ouvir nesse período. Eu sou suspeita pra falar de Taylor Swift, mas o ‘folklore’ está maravilhoso do começo ao fim. Eu achei ele tão bom que virou meu álbum preferido”, finaliza.