karol conka
A rapper curitibana Karol Conká (FOTO: Reprodução)

Na manhã desta terça-feira (26), Karol Conká expôs um episódio pra lá de constrangedor envolvendo o cantor Nego do Borel. Em conversa com outros confinados, ela afirmou que o funkeiro, que tem histórico de transfobia, a abordou perguntando se ela era “homem ou mulher”.

“Você é igual a essa galera estranha? Esse povo aí… Você é homem ou mulher? Porque eu não sei, né”. Karol Conká disse que o cantor foi “escroto” e, para devolver na mesma moeda, pediu a mão dele e falou: “Sinta o vaginão!”.

A cantora ainda completou que outras pessoas já fizeram esse questionamento: “As pessoas falavam assim: ‘a Karol é homem ou mulher’? Porque eu era careca, eu sempre andei no meio dos gays… Esse tipo de coisa não deveria ser abordado! Se eu fosse trans ou fosse gay, não é assim”, desabafou.

VEJA MAIS: Após gafe, Latino garante que gostou de virar meme: “O máximo”

Confira: