Beatles: O dia que John Lennon se casou com Yoko Ono

Os dois começaram a se relacionar enquanto o músico ainda era casado com a mãe de Julian

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ex-integrante dos Beatles, John Lennon casou-se com Yoko Ono em 20 de março de 1969. Os dois se conheceram em novembro de 1966 quando ela se preparava para abrir uma exposição de arte chamada ‘Pinturas e objetos inacabados’, que foi realizada na Indica Gallery, localizada no porão da Indica Bookshop em Londres. 

Na época, Lennon ainda era casado com sua primeira esposa, Cynthia. Eles se casaram em agosto de 1962 e tiveram um filho, Julian. Depois de anos suportando a infidelidade do marido, Cynthia pediu o divórcio em agosto de 1968. Nesse ínterim, John e Yoko já haviam se tornado um casal e, assim que o divórcio fosse finalizado em novembro, planos foram feitos para se casar. Eles esperavam celebrar suas núpcias em Paris, ou mais especificamente, a caminho de Paris.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Queríamos nos casar em uma balsa que cruzasse o canal – essa era a parte romântica”, disse Lennon no  documentário ‘Beatles Anthology‘. “Fomos para Southampton e não pudemos continuar porque ela não era inglesa e não conseguiu o visto diurno para atravessar. Eles disseram: ‘De qualquer forma, você não pode se casar.’”

Mais tarde, Lennon criou uma canção autobiográfica dos Beatles intitulada “The Ballad of John and Yoko”, que descreveu o resto de sua jornada: “Finalmente chegou a Paris, em lua de mel perto do Sena. [Assistente da Apple] Peter Brown ligou para dizer, você pode fazer tudo bem; você pode se casar em Gibraltar, perto da Espanha.” O casal chegou ao Consulado Britânico de lá e se casou em uma cerimônia de 10 minutos realizada pelo registrador Cecil Wheeler. Como Gibraltar era uma colônia britânica e Lennon um cidadão britânico, não havia problema.

VEJA MAIS: Após boicote de The Weeknd, Cardi B quebra o silêncio sobre o Grammy

“Nós fomos lá e foi lindo”, disse Lennon. “É o ‘Pilar de Hércules’ e também simbolicamente eles o chamaram de ‘Fim do Mundo’ em um período. Eles pensaram que o mundo externo era um mistério a partir dali, então era como o Portal para o Mundo. Então, nós gostamos no sentido simbólico, e a base rochosa de nosso relacionamento.”

O casamento deles, que aconteceu apenas uma semana após o do colega Beatle, McCartney com Linda Eastman, seria seguido por uma lua de mel que não seria nem de perto tão discreta. Em vez disso, Lennon e Ono encenaram um estridente “Bed-In” pela paz na semana de 25 a 31 de março no Amsterdam Hilton Hotel, cercados pela imprensa e vários hangares.

“Decidimos que, se fôssemos fazer algo como nos casar, o dedicaríamos à paz”, disse John Lennon à Rolling Stone em 1971. “E durante esse período, porque somos o que somos, evoluiu que de alguma forma acabamos sendo responsável por produzir paz. ”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio