Belo é preso por show em comunidade do Rio de Janeiro durante a pandemia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Belo, cujo nome verdadeiro é Marcelo Pires Vieira, foi preso nesta quarta-feira (17) pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio de Janeiro. O cantor é investigado por realizar um show com aglomeração no último final de semana.

O show do músico aconteceu no pátio do colégio estadual Ciep 326 Professor César Pernetta, localizado no Parque União, no Complexo da Maré. No entanto, o show aconteceu sem a autorização da Secretaria de Estado de Educação. As autoridades também investigam a invasão ao colégio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Belo promoveu dois shows com aglomeração no último sábado (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

A Delegacia de Combate às Drogas abriu um inquérito e cumpriu quatro mandados de prisão preventiva: contra o cantor Belo, Célio Caetano e Henriques Marques, sócios da produtora que organizou o evento, e Jorge Luiz Moura Barbosa, chefe do tráfico no Parque União.

Além a polícia também cumpriu cinco mandatos de busca e apreensão, uma delas na sede da produtora que organizou o evento, a Série Gold.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio