O cantor Belo (Foto: Divulgação)

As polêmicas envolvendo Belo não param de ser atualizadas. Primeiramente, ele foi criticado por se apresentar com aglomeração em comunidades do Rio.

Agora, a Polícia Civil, através da Delegacia de Combate às Drogas (DECOD), abriu um inquérito, segundo as informações de Fábia Oliveira.

Uma apresentação do artista realizada no Ciep 326 Professor César Pernetta, localizado no Parque União, no Complexo da Maré, será investigado.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

O show do músico aconteceu no pátio do colégio estadual, mas não teve a autorização da Secretaria de Estado de Educação.

Por meio de uma nota, a Polícia Civil afirmou que Belo será intimado e deverá prestar esclarecimentos. 

“A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) instaurou inquérito para investigar o evento ocorrido no Ciep, localizado na comunidade Parque União, no Complexo da Maré. Todas as pessoas envolvidas no evento em questão serão ouvidas para esclarecimento dos fatos, inclusive chamando o cantor para esclarecer quem pagou o cachê do show”, informa o comunicado.