beyoncé
A cantora norte-americana Beyoncé (FOTO: Reprodução)

Antes do jogo começar no Super Bowl LIV, Demi Lovato interpretou o hino nacional dos Estados Unidos em sua segunda performance pública após uma pausa na carreira. Porém, durante a apresentação da cantora, Beyoncé e Jay-Z foram vistos sentados na arquibancada, e tal fato acabou dividindo a opinião dos fãs. Não se sabe o que motivou a atitude do casal, mas tal fato acabou gerando muitos comentários nas redes sociais principalmente de cunho político.

Outras estrelas do entretenimento também se apresentaram no evento. No show do intervalo, Jennifer Lopez e Shakira trouxeram um requebrado latino para o palco do Hard Rock Stadium. Confira algumas reações dos internautas e o momento em que Beyoncé e Jay-Z se recusaram a levantar durante o hino nacional norte-americano:

Jay-Z e Beyoncé ficaram sentados durante a apresentação do hino nacional do Super Bowl… Acho que eles não colheram o suficiente do nosso país para se levantar, ou talvez seja porque são amigos de Kaepernick”, escreveu uma internauta.

Diante da apatia do casal de cantores durante o hino nacional, o jornalista conservador Carmine Sabia, do “Carmine Sabia Show”, escreveu no Twitter: “são dois pedaços de bosta! Beyoncé e Jay Z se sentaram durante o hino nacional”. Já o TMZ frisou: “um homem, que parece ser o guarda-costas deles, estava de pé, assim como todo mundo ao redor”. O Daily Mail destacou: “não está claro por que o casal decidiu se manter nas cadeiras, especialmente desde que Jay Z assinou uma parceria lucrativa com a NFL”.

O caso fez os cidadãos dos Estados Unidos e muitos internautas relembrarem o incidente do jogador Colin Kaepernick, que foi banido da NFL por não se levantar para o hino nacional. O atleta se ajoelhou no momento da execução do hino, em protesto contra a brutalidade policial com afro-americanos. Cotada para o Super Bowl, Rihanna teria recusado se apresentar no evento em apoio ao esportista banido da liga norte-americana. Jay Z foi um dos maiores defensores de Colin Kaepernick – até assinar com a NFL e supostamente mudar seu posicionamento.

Durante uma conversa recente com o jornal New York Times, JAY-Z explicou que concorda com a decisão de Colin Kaepernick de se ajoelhar. Seu motivo de parceria com a NFL era expandir a mensagem de Kaepernick, para que não se reduzisse a um gesto simbólico.

“Ninguém está dizendo que ele não agiu errado”, disse ele. “Ele estava agindo da forma errada. Eu entenderia se fosse três meses atrás. Mas isso foi há três anos e alguém precisa dizer: ‘O que fazemos agora? – porque as pessoas ainda estão morrendo.”. O rapper declarou que planeja usar a plataforma da NFL para chamar a atenção para a questão da brutalidade policial que Kaepernick representa, independentemente de quão impopular isso o torna. “Enquanto pessoas reais estiverem sendo feridas, marginalizadas e perderem membros da família, então sim, eu posso levar algumas manchetes negativas da imprensa”.