Beyoncé
A cantora norte-americana Beyoncé (FOTO: Reprodução)

Beyoncé lançou esse mês o tão falado projeto audiovisual ‘Black Is King’, que usou como base o álbum ‘The Gift’ lançado ano passado como parte de divulgação do filme Rei Leão.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry faz a apresentação mais bonita de toda a quarentena

As previsões esperavam que por conta do projeto, mais pessoas se interessassem em comprar o álbum ou ouvi-lo nas plataformas de streaming, mas não foi o que aconteceu.

Estima-se que o álbum vendeu apenas 5 mil cópias físicas e digitais e que, junto aos streamings, tenha acumulado 26 mil – número fraco considerando ser um projeto da Disney por uma artista do tamanho de Beyoncé.

O crítico Roger Friedman declarou: “Eu sei que quando assisti ao filme de 90 minutos, apreciei as músicas de uma maneira totalmente nova”.

“Mas os fãs não estão fazendo essa conexão. E a Sony não está fazendo nada para promover o álbum do ano passado desde que Beyoncé os cortou do projeto”, continuou

(FOTO: Reprodução)

Outro ponto considerado um fracasso para o projeto de Beyoncé, foi o interesse do público no Disney+. Durante sua estreia, apenas 3,8% dos novos assinantes se propuseram a assistir ‘Black is King’, que ficou atrás de filmes como Frozen 2, Os Incríveis 2, Hamilton e Muppets.

Além disso, no Youtube, o clipe de ‘ALREADY’ – único lançado gratuitamente para o público -, ainda não chegou a alcançar a marca de 15 milhões de visualizações.