pv
A cantora maranhense Pabllo Vittar (FOTO: Reprodução)

Pabllo Vittar chama atenção e é apontada como um dos 15 artistas latinos que definiram o movimento LGBTQ. A matéria é destaque da Billboard publicada nesta quinta-feira (4). A reportagem ressalta e coloca a drag queen ao lado de nomes como Ricky Martin e Christian Chávez do RBD. No mês de junho, se celebra em todo o mundo o Orgulho LGBTQI+.

“Uma das mais famosas drag queens, fora do reino do ‘RuPaul’s Drag Race’, a cantora brasileira Pabllo Vittar fez seu nome por contra própria na música desde sua estreia em 2015“, diz a Billboard.

No texto é citada colaborações da Pabllo com artistas do Brasil e do mundo, como Anitta, Lucas Lucco, Diplo, Lali e Thalía. “No clipe de ‘Paraíso’, ela se aconchega bastante em Lucas Lucco e, em ‘Então Vai’, ela fica com Diplo. Vittar também come o bolo“, publicou.

VEJA TAMBÉM: Billie Eilish revela que pensou em suicídio por causa de ódio virtual

Se não estivesse acontecido a pandemia do novo coronavírus, Pabllo Vittar estaria fazendo turnê pela Europa neste mês, aproveitando as comemorações do Orgulho LGBTQI. Ela estava com shows marcados na Itália, na Espanha, na Irlanda, na Inglaterra e na Holanda, mas foram desmarcados após a doença.

Artistas latinos (Foto: Billboard)

Em 2021, Pabllo Vittar irá para a Espanha para show no Festival Primavera Sound. Ela está confirmada no line-up do evento, que adiou sua edição deste para o próximo ano. Ela também havia sido anunciada para o Lollapalooza do Chile e da Argentina e o para o Festival Coachella, nos Estados Unidos.

Álbum “111”

No início da pandemia do coronavírus no Brasil, Pabllo presenteou os fãs com seu álbum novo, “111”. É o terceiro disco de sua carreira. Contratada da Sony Music, a drag queen apresentou músicas em português, inglês e espanhol, com participações de artistas nativos dos três idiomas – como Ivete Sangalo, Charli XCX e Thalía. O single mais recente é “Tímida”, com Thalía.