BLACKPINK: Look de aeroporto de Jennie custa mais de R$ 50 mil

Publicado em 29/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 22 de julho, Jennie, do BLACKPINK, chegou ao aeroporto de Incheon, voltando para Seul, na Coreia do Sul, de Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos. Neste dia, Jennie foi vista vestindo um conjunto de moletom, uma bolsa Chanel e um estojo para passaporte, tênis Adidas e óculos escuros Gentle Monster.

(Foto: Reprodução)

O conjunto de moletom de Jennie são da marca líder de streetwear contemporâneo Emotially Unavailable. O o equipamento custa ₩ 1.261.203. Em dólares americanos, isso seria $ 1.095,99.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A bolsa da Jennie é da Chanel, com um preço máximo de 11 milhões de won dependendo do tamanho. A bolsa que Jennie tem vale ₩ 9.710.000. Isso significa que a bolsa sozinha custa $ 8.442,56.

(Foto: Reprodução)

A idol também é vista segurando o porta-passaporte acolchoado Chanel Caviar em azul. Embora atualmente não esteja disponível no site da Chanel, Segye Ilbo afirma que o item custou ₩ 668.000, o que equivale a $ 580,81.

(Foto: Reprodução)

Em seus pés, Jennie é vista usando os tênis Adidas Original Forum W em branco. De acordo com o site oficial da Adidas na Coreia do Sul, o calçado custava 129.000 libras. Isso significa que custa $ 112,18.

(Foto: Reprodução)

Em seus olhos, Jennie foi vista usando o Gentle Monster Linda 01. Na Coréia do Sul, um par desses óculos custou ₩ 280.000. Isso significa que em dólares americanos, Jennie gastou mais de US $ 243.

(Foto: Reprodução)

No total, Jennie gastou mais de 12 milhões de won para todo o seu traje, de acordo com Segye Ilbo. Isso significa que, no geral, Jennie gastou R$ 50.070,00 por todo o seu traje.

BLACKPINK: Governo sul-coreano responde petição contra dorama estrelado por Jisoo

Jisoo, a integrante mais velha do BLACKPINK, se prepara para seu primeiro projeto como atriz principal, o drama sul-coreano “Snowdrop”. No entanto, a produção tem enfrentado uma enxurrada de críticas desde que foi anunciada. Tanto que, nesta quarta-feira (28), o governo da Coreia do Sul respondeu à uma petição contra o lançamento.

“Snowdrop”, com estreia marcada para este ano, se passa em Seul, em 1987. O ator Jung Hae In estrela como Soo Ho, um estudante de uma universidade de prestígio que um dia corre para um dormitório feminino coberto de sangue. Jisoo interpreta a jovem Cho, a estudante universitário que o esconde e cuida de seus ferimentos, apesar de enfrentar o perigo e ser vigilante.

De acordo com o site Soompi, assim que partes da sinopse começaram a circular na web, surgiram preocupações sobre uma possível distorção dos fatos históricos. Isso porque “Snowdrop” se passa em um momento conturbado para a Coreia do Sul, quando o país vivia um regime militar.

Em março, a JTBC, responsável pelo drama, divulgou um breve comunicado esclarecendo o conteúdo e as intenções por trás do projeto, assim como um comunicado mais detalhado revelando informações específicas sobre o enredo para conter as suspeitas.

Apesar disso, as críticas não pararam. Então, a Casa Azul, escritório executivo e residência oficial do presidente Moon Jae-in, respondeu à uma petição que vai contra a exibição de “Snowdrop”. O comunicado também fala sobre a petição contra o drama “Joseon Exorcist”, que foi cancelada pela SBS após dois episódios devido a polêmicas sobre possível distorção da história.

Confira o comunicado na íntegra:

Esta é uma resposta às duas petições nacionais relacionadas a “pedidos para suspender a transmissão de um drama”.

Na petição ‘Suspensão da transmissão de Joseon Exorcist’, o peticionário afirmou que o drama ‘distorceu a história e consistiu em conteúdo e telas que sugerem uma aceitação do Projeto Nordeste da China’ e solicitou que a transmissão fosse suspensa e impedida de se repetir. Aproximadamente 240.000 cidadãos assinaram a petição.

O peticionário na petição intitulada ‘Suspensão da filmagem de ‘Snowdrop’ declarou: ‘É um insulto ao movimento democrático e a tentativa de glorificar a Agência de Planejamento de Segurança Nacional (NSP)’ e pediu para interromper a filmagem do drama. Aproximadamente 220.000 cidadãos assinaram a petição.

Em 26 de março, a emissora SBS que exibiu ‘Joseon Exorcist’ decidiu cancelar a transmissão do drama após considerar a gravidade da distorção dos fatos históricos. Já a emissora JTBC que vai transmitir “Snowdrop” declarou:

“A atual polêmica resultou de informações fragmentadas, como uma sinopse incompleta e partes das descrições dos personagens”, e que “não é um drama que deprecia o movimento pró-democracia ou exalta ser um espião ou trabalhar para o NSP.” O drama está sendo produzido.

O Artigo 4 da Lei de Radiodifusão garante a liberdade e independência da emissora de programação de radiodifusão e afirma que não é possível regulamentar ou interferir na programação de radiodifusão sem cumprir as condições estabelecidas pela Lei. O envolvimento direto do governo no trabalho criativo requer especialmente uma abordagem cuidadosa, pois pode ser uma violação da liberdade de expressão. O governo respeita os esforços de autocorreção e as decisões autônomas tomadas em nível civil pelo criador, produtor ou consumidor em relação a conteúdo que vai contra o sentimento nacional.

No entanto, as transmissões que prejudicam a responsabilidade pública das transmissões ou violam os regulamentos, como por distorção excessiva da história, requerem deliberação da Comissão de Padrões de Comunicações da Coreia (KCSC). De acordo com o escritório administrativo do KCSC, cerca de 5.000 reclamações foram feitas pelos telespectadores em relação ao já transmitido “Joseon Exorcist’. Devido a atrasos na formação dos membros do KCSC, uma revisão ainda não foi realizada, mas assim que o comitê for formado, definiremos uma agenda e discutiremos se o drama violou ou não os regulamentos de transmissão. O KCSC analisará minuciosamente a imparcialidade da transmissão, a natureza pública e outros fatores de responsabilidade pública por meio das reclamações enviadas pelos telespectadores e monitoramento posterior.

Seguindo em frente, o governo continuará a se comunicar com os criadores de cultura e arte, bem como com os cidadãos, para que várias discussões sobre o trabalho criativo possam ocorrer de maneira saudável.

Agradecemos a todos os cidadãos que participaram nas petições nacionais.

Descubra o motivo de Jisoo do BLACKPINK ter feito uma fã chorar

Recentemente, uma jovem fã teve a sorte de conhecer Jisoo enquanto estava no set do drama e até recebeu o autógrafo da idol. No entanto, ela chocou o pai ao chorar no momento em que chegaram em casa.

Fã chora ao encontrar Jisoo do BLACKPINK. (FOTO: Reprodução)

O pai da fã revelou a história online, dizendo que a BLINK (como são chamados os fãs) havia acompanhado seu pai no set. O pai fazia parte da equipe de produção de “Snowdrop” e queria levar a filha ao local das filmagens para ver seu ídolo favorito. Quando a jovem BLINK conheceu Jisoo, a cantora de “How You Like That” deu um tapinha nas costas dela e deu-lhe um grande abraço. Ela então disse ao fã para sonhar grande e estudar muito. Essa interação deixou a BLINK sem palavras, e ela acabou chorando após a reunião devido ao quão tocada ela estava com Jisoo.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Rosé, do BLACKPINK, vai às lágrimas após performance emocionante

A fã recebeu dois autógrafos de Jisoo, bem como um autógrafo do ator principal, Jung Hae In. “Jisoo tem o coração mais caloroso”, afirmou o pai do torcedor, “ela fez minha filha mais feliz!”. As pequenas mas doces ações de Jisoo tocaram a muitos. Os corações dos fãs aqueceram quando leram que Jisoo havia saído de seu caminho para dar um tapinha nas costas da garota e dar-lhe um abraço. No entanto, outros expressaram inveja pela interação, dizendo que também desejam conhecer Jisoo e ser abraçados pela estrela.

(FOTO: Reprodução)

Cachorro de Jisoo, do BLACKPINK, ganha presente luxuoso da Dior

As integrantes do BLACKPINK não são as únicas a ganharem presentes, seus animais de estimação também ganham. Jisoo recentemente postou um conjunto de fotos em sua conta do Instagram de vários presentes que ela recebeu da Dior. Como embaixadora global de moda e beleza, ela tem o privilégio de vestir seus últimos lançamentos, comparecer aos desfiles e, claro, receber presentes! E como seu amado animal de estimação, Dalgom vive uma vida igualmente estilosa.

Olivier Bialobos, diretor de comunicação da Dior, enviou um cartão escrito à mão apenas para Dalgom. Ele deu ao cachorrinho de Jisoo uma bolsa rosa e creme com seu nome bordado nela.

Ele escreveu : “Caro Jisoo, Obrigado pelo seu apoio!! Este é um presente para Dalgom. Espero que tenhamos o prazer de nos conhecer em breve! Muito amor“.

(Foto: Reprodução)

Esta não é a primeira vez que o amigo peludo de Jisoo ganhou itens de luxo de grandes empresas. A Burberry deu a ele uma coleira estampada que ele mostrou em uma foto com a vocalista do BLACKPINK.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Lisa, do BLACKPINK, exibe novo visual poderoso

A estrela do BLACKPINK, Lisa apareceu em uma exposição da Bulgari! Em suas fotos de campanha, a cantora também exibiu um visual luxuoso, criando uma sinergia poderosa.

Em 20 de julho, a marca de moda sofisticada anunciou o início de sua nova exposição, “BVLGARI COLORS”, que acontecerá de 20 de julho a 15 de setembro, no Hangaram Design Museum do Seoul Arts Center.

Esta mostra é a primeira exposição da Bulgari a ser realizada na Coreia e, ao mesmo tempo, atrai a atenção por apresentar o tema “cores”, a principal identidade da Bulgari, pela primeira vez no mundo. Inclusive, a cor escolhida para Lisa, do BLACKPINK, foi vermelho. Você pode conferir abaixo:

Rosé, do BLACKPINK, vai às lágrimas após performance emocionante

A Rosé, do BLACKPINK, é uma verdadeira artista que consegue expressar bem as suas emoções nas suas performances. A cantora mostrou essa habilidade recentemente, durante um episódio de Sea of ​​Hope.

Durante sua aparição como convidada, Rosé cantou “Because I Love You” de Yoo Jae Ha e enquanto sua performance foi impecável, Rosé derramou algumas lágrimas e explicou que na verdade era bastante difícil para ela se apresentar.

“Não, eu… pensei em como deveria cantar essa música. Eu cantei pela primeira vez, mas não conseguia me concentrar. Eu não pude fazer isso de repente”

Embora ela tenha tido um pouco de dificuldade, como a artista incrível que é, Rosé foi capaz de encontrar as emoções certas para combinar com a música. Para ser capaz de executar a música da melhor maneira possível, Rosé compartilhou seu pensamento com seus pais.

“Então pensei muito em como deveria cantar essa música quando chegasse em casa. Quando ouvi a letra, pensei em meus pais. Acho que posso sentir o amor que só eu tenho por mim. Então eu sinto que estou chorando no final. Acho que não expressei isso tão bem quanto pensava.”

Rosé expressou ainda que é capaz de sentir o amor que recebe de seus pais por meio da letra comovente da música.

“Acho que entendo o amor dos meus pais quando ouço esse tipo de música”.

Assista a performance da integrante do BLACKPINK:

As fotos mais raras das cantoras do BLACKPINK antes da fama

Todo verdadeiro fã de K-pop sabe quem é BLACKPINK: o girl group composto por Jennie, Rosé, Lisa e Jisoo. Hoje em dia, o grupo coleciona hits – como Lovesick Girls, How You Like That e Kill This Love – além de arrastar uma multidão de fãs por onde passam. Mas você já se perguntou como as meninas eram ou o que faziam antes da fama? Vamos conhecê-las um pouco mais.

Lisa (Lalisa Manoban, 1997)

(FOTO: Reprodução/Twitter: @cutebabyidols)

Seu nome original era Pranpriya, mas ela mudou para Lalisa depois que uma cartomante disse a ela que o nome “Lalisa” lhe traria boa sorte. Atualmente, nós a conhecemos apenas como Lisa.

Em 2010, aos 13 anos, Lisa fez um teste para ingressar na gravadora sul-coreana YG Entertainment na Tailândia. Ela derrotou outros 4.000 candidatos e teve a chance de se tornar uma trainee da agência. A tailandesa sempre foi uma grande fã de K-pop (Big Bang e 2NE1 eram aparentemente seus grupos favoritos). Agora ela é uma idol de sucesso.

Ela se apresentou pela primeira vez como dançarina de apoio no videoclipe Ringa Linga, lançado por Taeyang, do Big Bang, em 2013, apenas três anos antes de seu debut com o Blackpink. Confira:

Jisoo (Jisoo Kim, 1995)

(FOTO: Reprodução/Internet)

Jisoo era bastante ativa quando se tratava de atividades extracurriculares durante seus dias de escola. Em particular, ela era uma grande fã de basquete. Há rumores de que ela se juntou ao clube de atuação da escola. Foi relatado que os ídolos da atuação de Jisoo são Son Ye-jin e Natalie Portman.

Jisoo participou de diversos videoclipes de outros artistas antes de sua estreia no Blackpink. Colocando em prática suas habilidades de atuação, ela apareceu pela primeira vez nos videoclipes de I’m Different, de Hi Suhyun, e Spoiler, de Epik High, em ambos como a atriz principal.

Jennie (Jennie Kim, 1996)

(FOTO: Reprodução/Twitter)

Jennie fala diversas línguas, como coreano, inglês e até japonês. Ela morou um tempo na Nova Zelândia antes de retornar à Coreia do Sul em 2010.

Três anos antes de seu debut com o BLACKPINK, Jennie participou do clipe de That XX do G-Dragon. Ela é a garota de jaqueta de couro ao telefone.

Rosé (Chaeyoung Park, 1997)

(FOTO: Reprodução/Twitter: @cutebabyidols)

Rosé nasceu na Nova Zelândia e foi criada na Austrália. Na verdade, ela só se mudou para a Coreia do Sul para começar sua carreira no K-pop.

Ela mostrou sua voz pela primeira vez no mini álbum de G-Dragon “One of a Kind”, em 2012. Ela participou de uma música chamada Without You que atraiu muito interesse na época, visto que era uma colaboração surpresa e a Rosé foi inicialmente creditada como “? do Novo Girl Group da YG”. G-Dragon e Rosé fizeram um videoclipe depois que sua identidade foi revelada.

VEJA MAIS: Dua Lipa surge com visual exótico para campanha de marca luxuosa

Agora confira algumas fotos das meninas do BLACKPINK antes da fama:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio