britney spears
A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Bomba! A cantora Britney Spears teria decidido se unir à manifestação #FreeBritney. A campanha criada nas últimas semanas, levantava a possibilidade da cantora ter sido internada numa clínica psiquiátrica contra sua própria vontade. O site TMZ revelou, nesta segunda (dia 13), que a cantora contou ao juiz responsável por sua curatela que ela realmente foi internada à força numa clínica psiquiátrica no mês passado.

“Ela revelou ao juiz que seu pai, Jamie Spears, a encaminhou para uma clínica de saúde mental contra sua vontade e também a forçou a usar drogas [medicação]. Também nos disseram que o advogado de Lynne Spears [mãe] repetiu a alegação”, declarou o site TMZ, que até então era um dos principais veículos a defenderem a versão de que Britney tinha se internado voluntariamente.

A situação começou a mudar quando a mãe de Britney entrou na Justiça para rever parte do acordo envolvendo a tutoria da filha – até então responsabilidade única do pai da cantora. A matriarca pediu para ser informada de todas as decisões referentes à Britney, pois havia sido contra a internação compulsória da artista. Britney passou 30 dias em uma clínica em Los Angeles, cancelando uma nova residência em Las Vegas e causando um prejuízo milionário. A estadia de Britney na clínica visava uma delicada mudança na medicação psiquiátrica da cantora.

VEJA TAMBÉM: Mariah Carey deverá parar de cantar música de Michael Jackson em shows

O pai da cantora permanece como seu tutor há mais de dez anos, desde que a artista teve sérios problemas com drogas e entrou e saiu diversas vezes da reabilitação, provando ser incapaz de cuidar de si mesma. Ao que tudo indica, agora, Britney deseja reassumir o controle de sua própria vida, mas seu pai não permite por ainda não achar seguro.