Britney Spears está feliz com o apoio de sua tutora, Jodi Montgomery

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Britney Spears, aparentemente, tem uma visão mais positiva sobre o futuro de sua tutela. A cantora está feliz com o apoio de Jodi Montgomery, tutora da vida pessoal da Princesinha do Pop.

Para quem não sabe, Jodi Montgomery foi nomeada como tutora pessoal de Britney em 2019, quando o pai da cantora precisou se afastar após problemas de saúde. É seu papel na tutela aprovar decisões médicas e pessoais. Jamie, por sua vez, é o responsável pelas finanças da estrela. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jodi tem demonstrado apoio aos desejos de Britney de remover Jamie da tutela de patrimônio e, se possível, encerrar de vez a tutela.

Segundo a revista People, documentos desfavoráveis ao pai da cantora, já foram apresentados em tribunal e Britney Spears está feliz com o apoio de sua tutora.

Uma fonte revelou à revista: “Britney está bem. Ela está animada em ver como tudo está avançando. Ela está feliz que Jodi está rebatendo as alegações de Jamie. Ela sente que Jodi a apoia muito”.

“Jodi já deixou claro que ela fará tudo em seu poder para ajudar Britney a sair da tutela. Ela concorda que a situação de Britney é injusta e simplesmente não é correta”, finalizou.

Tutora de Britney Spears entra na Justiça para receber R$ 1,1 milhão

Jodi Montgomery, advogada indicada para ser tutora de Britney Spears, entrou na Justiça para receber 220 mil dólares (cerca de R$ 1,16 milhões), pelo período em que cuidou da tutela da cantora, entre novembro de 2019 e fevereiro de 2021.

Segundo o TMZ, ela também pediu para que a Justiça inclua mais 65 mil dólares – pouco mais de R$ 340 mil – para gastos com seu advogado pessoal. Vale ressaltar que recentemente a advogada afirmou que vem sofrendo ameaças após o polêmico depoimento da Princesinha do Pop.

(Foto: Reprodução)

Britney Spears se sente “aliviada” após pedidos de demissão na equipe

Britney Spears está se sentindo esperançosa após os últimos acontecimentos envolvendo o caso de sua tutela. Segundo o site E! News, com o pedido de demissão do empresário Larry Rudolph e do advogado Sam Ingham, a estrela pop sente que tudo está caminhando na direção certa.

“Ela finalmente está se sentindo esperançosa quanto ao futuro”, disse uma fonte próxima à cantora. “Ela acha que as pessoas estão renunciando porque sabem que ela está falando a verdade. Ela está aliviada por seu advogado renunciar e espera que, se ela puder escolher seu próprio advogado, isso signifique que o juiz está inclinado a encerrar a tutela.”

A fonte continua: “Ela está tentando ser paciente e ver o que acontece. Ela está feliz que as coisas estão começando a acontecer e que a verdade finalmente apareceu.”

Em meio a tudo isso, porém, surgiram rumores de que Jamie Spears e sua advogada estariam reunindo evidências para desqualificar o depoimento de Britney Spears. Após culpar a tutora pessoal da artista, Jodi Montgomery, pelo sofrimento de Britney, ele estaria tentando culpabilizar a empresa responsável pela co-tutela, a Bessemer Trust – que também tentou abandonar o caso.

Mãe de Britney Spears pede à Justiça que filha possa contratar o próprio advogado

Parece que a mãe de Britney Spears está finalmente intervindo em nome de sua filha mais velha. Segundo o site Radar Oline, Lynne Spears correu para o tribunal, implorando ao juiz que permitisse que a estrela pop contratasse seu próprio advogado particular.

O pedido de Lynne veio logo após a demissão do advogado de Britney, Sam Ingham, que foi oficializada nesta terça-feira (6). A mãe de Britney diz que muita coisa mudou desde que seu ex-marido, Jamie Spears, recebeu a tutela de sua filha, 13 anos atrás. Nos documentos legais, o advogado de Lynne diz que a estrela pop é capaz de cuidar de si mesma.

Britney e Lynne (FOTO: Reprodução)

O advogado destaca que Britney Spears “teve que se apresentar na frente de milhões de pessoas, teve que administrar centenas de apresentações, teve que usar seus talentos artísticos e criativos para se preparar para shows, coreografando cada movimento e interagindo com muitos intérpretes, e teve que ensaiar e se apresentar por muitos milhares de horas ao longo dos anos. “

O advogado de Lynne exige que a filha de seu cliente obtenha o advogado apropriado de sua escolha, que ajudará Britney a atingir seu objetivo de encerrar sua tutela. A mãe da cantora apoia a alegação da estrela de que ela não sabia que poderia encerrar sua tutela – algo que Ingham supostamente contesta.

Lynne está solicitando que o juiz permita que Britney Spears contrate seu próprio advogado particular ou pelo menos um que seja capaz de representar o caso de sua filha.

Mãe de Britney Spears fala sobre tutela: “É muita dor, muita preocupação”

A mãe de Britney Spears falou sobre a polêmica tutela de sua filha. Durante uma entrevista com Ronan Farrow e Jia Tolentino para um artigo na The New Yorker, Lynne expressou sua preocupação com as decisões médicas e financeiras da estrela pop que estão sendo controladas pela tutela desde 2008.

Enquanto ela “falava em um sussurro” e dizia que talvez tivesse que “desligar rapidamente” se alguém aparecesse em sua conversa por telefone com os repórteres, Lynne conseguiu dizer: “Tenho sentimentos confusos sobre tudo”.

“Não sei o que pensar. É muita dor, muita preocupação”, explicou ela, antes de acrescentar: “Sou boa em desviar”.

VEJA TAMBÉM: Traição, assistente de palco e ex-BBB: a vida de Gusttavo Lima antes de casado

A tutela exigida pelo tribunal – posta em prática após as duas hospitalizações de Britney – voltou a ser examinada após o chocante testemunho da cantora pop no tribunal na semana passada.

Durante a declaração de 20 minutos, a hitmaker “Toxic” afirmou que a tutela, supervisionada por seu pai Jamie Spears durante a maior parte dos últimos 13 anos, era “abusiva” e “estúpida”.

No domingo, a irmã de Britney Spears, Jamie Lynne, explicou por que ela não havia se manifestado anteriormente contra a tutela.

“A única razão de eu não ter feito isso antes é porque eu senti que até minha irmã ser capaz de falar por si mesma e dizer o que ela sentiu que precisava dizer publicamente, que não era da minha conta ou não era a coisa certa fazer “, disse ela em uma história no Instagram: “Agora que ela falou claramente e disse o que precisava, sinto que posso segui-la e dizer o que sinto que devo dizer.”

“Essa situação não me afeta de nenhuma maneira, porque sou apenas sua irmã, que só está preocupada com sua felicidade”, acrescentou. “Se acabar com a tutela e voar para Marte ou o que mais ela quiser para ser feliz, eu apoio isso 100% porque apoio minha irmã; eu amo minha irmã. Sempre amei, sempre amarei.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio