Britney Spears não pedirá o fim da tutela em audiência, segundo site

Cantora vai se dirigir à juíza em uma audiência no dia 23 de junho.

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Britney Spears está pronta para se dirigir pessoalmente a um tribunal em uma audiência sobre sua tutela. Segundo o site Page Six, a cantora não deverá pedir pelo fim de sua guarda, mas sim pedir a remoção do seu pai, Jamie Spears, do cargo de seu tutor.

“O foco principal de Britney é ter Jamie afastado do caso”, revelou uma fonte ao site. “Ela sente que o fim da tutela pode sempre ser discutido ao longo do caminho, mas neste momento a questão é Jamie”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A estrela pop, 39 anos, vai dirigir-se à juíza Brenda Penny, que é responsável seu caso de tutela, pela primeira vez em uma audiência no dia 23 de junho.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Cantora famosa já terminou namoro por causa de Katy Perry; Entenda!

Embora Britney não tenha assistido a audiências recentes, o seu advogado, Samuel D. Ingham III, expressou em nome da cantora de “Toxic” algumas questões que ela teria contra seu pai.

Em Novembro, Britney disse através do seu advogado que tinha “medo” de Jamie, de 68 anos, e que não pretende trabalhar enquanto ele estiver encarregado de sua carreira. Ela também ficou chateada por ele ter contratado um novo gerente sem a consultar.

Britney Spears está sob tutela de seu pai desde 2008, quando teve um colapso público. Atualmente, Jamie é co-tutor do patrimônio multimilionário da sua filha – supervisionando todas as suas finanças – em parceria com uma empresa privada, a Bessemer Trust.

De acordo com o informante do Page Six, Britney quer que Jamie seja totalmente removido da tutela para que possa ter uma vida “normal”.

“Ela desfruta de prazeres simples como conduzir o seu carro e sair de férias”, diz a fonte. “Claro, ela é capaz de fazer o que tem vontade dentro da sua própria casa – até certo ponto – mas sempre que ela quiser sair, tem que tornar imediatamente uma conversa maior porque os seguranças, advogados e outras pessoas precisam se envolver”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio