Britney Spears recebe onda de apoio de famosos após exibição de documentário

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O documentário ‘Framing Britney Spears’, que foi ao ar na última sexta-feira (5), pelo serviço de streaming Hulu, fez com que a cantora recebesse uma onda de apoio de diversos famosos.

O filme explora o lado polêmico da fama de Britney Spears, desde sua ascensão como uma estrela de infância até seu colapso em 2007 e a controversa tutela de seu pai por 13 anos, que lançou o movimento #FreeBritney.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, o filme também discute a maneira que a mídia trata as figuras públicas e como foi decisiva para as questões de saúde mental que Britney Spears enfrentou.

Após a exibição do primeiro episódio do documentário, diversos famosos comentaram sobre a vida da cantora e mandaram mensagens de apoio.

Miley nunca escondeu que é grande fã de Spears. Ela compartilhou o vídeo da performance da música ‘Party in the USA’, em que diz amar Britney.

Hayley Williams escreveu: “Nenhum artista hoje teria que suportar a tortura literal que a mídia / sociedade/misóginos absolutos infligiram a ela. A conversa sobre conscientização sobre saúde mental, culturalmente, não poderia estar onde está sem o preço terrível que ela pagou”.

Kacey Musgraves disse que todos deveriam assistir ao documentário: “Nunca uma pessoa foi tão usada e abandonada por todos ao redor dela. Meu coração está com ela. Ela sempre foi uma grande inspiração para mim durante toda minha infância/adolescência.”

A atriz americana Valerie Bertinelli listou os “homens horríveis” que passaram pela vida da cantora. Ela cita o pai de Britney diversas vezes na lista e também colocou o nome do cantor Justin Timberlake, ex-namorado de Britney.

“Isso me faz insanamente grata pelos meus pais e como eles me protegeram quando eu era uma jovem menina nessa indústria louca”, declarou.

Nomes como Sarah Jessica Parker e a cantora Bette Midler também compartilharam a hashtag “FreeBritney”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio