BTS alcança marca de Michael Jackson e recebe elogios de sobrinho do astro

É a primeira vez desde 2009 que um artista tem três álbuns em ranking de vendas do IFPI

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Taj Jackson, sobrinho do falecido Michael Jackson, não poupou elogios às conquistas do BTS e à história do grupo sul-coreano.

Na semana passada, o BTS foi nomeado o Maior Artista Global em 2020 pela IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica). Com vendas e streams dos álbuns MAP OF THE SOUL: 7 e BE, o BTS se tornou o primeiro artista asiático a conseguir o feito neste ranking.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, a BTS adicionou mais um feito incrível do IFPI em sua lista: o primeiro lugar no “Ranking Global de Vendas de Álbum”. A lista considera vendas físicas e downloads digitais do mundo todo. Enquanto o disco “MAP OF THE SOUL: 7” ocupou o primeiro lugar, “BE” conquistou a segunda posição. Já “MAP OF THE SOUL: 7 – The Journey“, álbum cantado totalmente em japonês, conquistou a 8ª posição.

Esta é a primeira vez na história que um artista tem dois álbuns no topo desta tabela do IFPI e é a primeira vez desde 2009 que um artista tem três álbuns no ranking. O último a conseguir este feito foi o Rei do Pop, Michael Jackson.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Após vexame no BBB, Karol Conká some das redes sociais; saiba mais!

Infelizmente, Michael Jackson faleceu quatro anos antes da estreia do BTS. Mas, Taj Jackson, o sobrinho do astro, foi ao Twitter elogiar o grupo.

“Parabéns, BTS. Vocês merecem. Michael Jackson teria sido o primeiro a ligar e parabenizar vocês pessoalmente. Continuem arrasando”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio