BTS, Billie Eilish e The Weeknd participam do Global Citizen

As apresentações poderão ser assistidas no Youtube, Twitter, Hulu e diversos canais de TV

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (13), o evento beneficente Global Citizen Live confirmou a edição de 2021. Entre os shows, estarão nomes como BTS, Billie Eilish e mais. Além disso, as apresentações acontecerão durante 24 horas, no dia 25 de setembro, nos seis continentes, incluindo um concerto no Central Park, em Nova York.O intuito do evento é conseguir doações para o combate à fome, e também a plantação de 1 bilhão de árvores até 2022.

Entre outros artistas, também teremos Adam Lambert, Alessia Cara, Andrea Bocelli, Angélique Kidjo, Billie Eilish, BTS, Burna Boy, Camila Cabello, Christine and the Queens, Coldplay, Davido, Demi Lovato, DJ Snake, Doja Cat, Duran Duran, Ed Sheeran, Femi Kuti, Green Day, H.E.R., Hugh Jackman com Deborra-lee Furness, Keith Urban, Lang Lang, Lizzo, Lorde, Metallica, Rag’n’Bone Man, Ricky Martin, Shawn Mendes, The Lumineers, The Weeknd, Tiwa Savage e Usher. Outros ainda serão anunciados

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Weeknd falou sobre o show com a Billboard: “É muito importante para mim fazer parte deste evento histórico para espalhar a conscientização e encorajar ações para ajudar o povo da Etiópia durante esta devastadora crise humanitária que eles enfrentam. Será uma honra cantar e ajudar a trazer apoio a esses cidadãos que estão sofrendo tão gravemente.

COVID-19 reverteu drasticamente o progresso em direção aos objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas, empurrando mais de 160 milhões de pessoas de volta à pobreza extrema. Existem agora mais de 40 milhões de pessoas à beira da fome. O progresso na mudança climática foi interrompido, pois a maioria das empresas do Fortune 500 não conseguiram estabelecer metas de redução de carbono baseadas na ciência. Devemos retificar os danos causados e responsabilizar os líderes mundiais e as empresas para garantir que o mundo se recupere da pandemia. ‘Recuperação equitativa’ não é um ato de caridade – é a única maneira de garantirmos uma chance de luta para alcançar um mundo sustentável, livre da pobreza extrema“, disse Hugh Evans, CEO do Global Citizen.

Por que o BTS não assinou com gravadora nos Estados Unidos?

Mesmo sem contrato nos Estados Unidos, o BTS conseguiu dominar as paradas e zerar as prateleiras – tanto digitais quanto físicas. Yoon Seok Jun, CEO da HYBE America, explicou que em 2017 a equipe do grupo tomou esta decisão. “Fui contatado por muitas gravadoras americanas famosas que estavam interessadas no grupo em 2017. Mas, no fim, decidimos não assinar nenhum contrato. Tínhamos dúvidas sobre a abordagem das divulgações locais a longo prazo dentro do sistema dessas gravadoras gigantes, enquanto receberíamos suporte de relações públicas e marketing”, explicou em entrevista à Weverse Magazine.

O grupo de sucesso mundial, BTS. (FOTO: Reprodução)

Nas primeiras vezes em que o grupo participou de premiações americanas, foi sempre na categoria Top Social Artist, que se trata da popularidade em redes sociais. Desde então, pouco a pouco, BTS construiu seu nome nos Estados Unidos. Apostar na força dos ARMYs (sua legião de fãs) sempre vai ser sua maior estratégia para bombar em solos norte-americanos.

VEJA MAIS: Astro do BTS rouba cueca do colega de grupo e leva o troco

“Butter” do BTS tem feito sucesso em vendas “puras” nos EUA

Há seis semanas “Butter“, lançamento recente do BTS, está cravada no primeiro lugar da parada Billboard Hot 100, a para mais importante dos Estados Unidos. A razão disso é que eles estão vendendo super bem. Principalmente porque esse tipo de venda conta não apenas as compras físicas, mas também os downloads pagos. Sendo mais tradicional que o moderno streaming.

Sucesso nos Estados Unidos, o grupo sul-coreano BTS. (FOTO: Reprodução/HYBE LABELS)

Um milhão de cópias de “Butter” foram vendidas só nos Estados Unidos. Logo, se tornou ineditamente a primeira música a ultrapassar a marca do milhão em downloads puros no país em 2021, de acordo com o Chart Data. Acredite se quiser, mesmo em primeiro lugar na Hot 100, “Butter” não é a que está no top das faixas com mais streaming e nem a mais tocada nas rádios. Comprova que, mesmo o streaming se tornando a forma principal de ouvir música, as vendas ainda possuem um peso muito grande na indústria musical.

CONFIRA TAMBÉM: Saiba as posições do BTS, Olivia Rodrigo e Dua Lipa na Billboard Hot 100

Instituto de Manteiga agradece BTS após sucesso mundial do hit Butter

O BTS não é apenas indiscutivelmente o grupo K-pop mais popular de todos os tempos, mas também uma das bandas mais influentes do mundo no momento. BTS recentemente lançou seu quarto single em primeiro lugar (“Butter”), e de acordo com uma entrevista na Billboard, o enorme sucesso da faixa levou a uma maior conscientização sobre, sim, o uso de manteiga.

Alan Bjerga, o chefe de comunicações do American Butter Institute, disse recentemente à Billboard que ficou eufórico ao descobrir que uma música sobre manteiga estava dominando as paradas de rádio. Uma semana após o lançamento do single, “Butter” foi um sucesso global genuíno, assim como os visuais que o acompanhavam, incluindo um vídeo promocional de uma hora de um pedaço de manteiga derretendo.

VEJA MAIS: Jimin, do BTS, é dono da música mais ouvida do SoundCloud

“Minha reação principal foi:‘ Ótimo! ’Obviamente não faz mal ter seu produto associado à música da banda top do verão”, disse Bjerga. “Como diz o BTS,‘ é tranquilo … As vendas de manteiga para exportação fazem parte do futuro dos EUA, e ter indiscutivelmente a maior banda do mundo dando um like na música não pode ser nada além de bom. ”

“É engraçado que o momento seja agora”, continuou Bjerga, estabelecendo uma conexão com os gráficos de dados. A popularidade de manteiga tem crescido na última década e, de acordo com as estatísticas nacionais per capita mais recentes, o consumo de manteiga está atualmente em seu ponto mais alto desde a década de 1960. É difícil imaginar que o videoclipe de “Butter” não tenha contribuído para esse surto, embora talvez estejamos apenas sendo um pouquinho tendenciosos provavelmente.

Bjerga se considera um fã de grunge rock mais do que qualquer outra coisa, mas ele não pode deixar de respeitar o BTS e sua impressionante conquista mundial. Na entrevista da Billboard, o representante do American Butter Institute declarou que o BTS exemplifica o melhor das tradições de boy band, superando os Backstreet Boys, * NSYNC e outros produtos musicais básicos dos anos 90 de uma forma “incrivelmente excitante”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio