BTS e Coldplay: O que significa o planeta “Calypso” no MV de ‘My Universe’

Publicado em 30/09/2021 13:40
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O videoclipe da colaboração do BTS com a banda britânica Coldplay para “My Universe” foi lançado recentemente, e ARMYs não se cansam! Seu enredo com tema espacial e gráficos de alta qualidade pareciam algo saído de um filme de ficção científica quando os dois grupos se tornaram bandas rebeldes.

No entanto, nada disso poderia ter sido possível sem a visão criada pelo vocalista do Coldplay Chris Martin e o diretor Dave Meyers. Dave Meyers lançou recentemente um artigo analisando todo o conceito por trás do vídeo e todos os detalhes do vídeo que os fãs podem não ter notado, junto com todo o trabalho que aconteceu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Considerando que a maior parte do videoclipe foi filmado em Barcelona, ​​quando se tratava das cenas de BTS, tudo isso foi feito em Seul, na Coréia, e foi feito duas semanas após as filmagens iniciais. Para Meyers, era essencial ter todas as ideias e designs travados antes do início das filmagens.

As cenas de BTS foram baseadas em um planeta fictício chamado “Calypso”. Ele foi projetado para se parecer com um porto de embarque alienígena em ruínas, com gigantescas estruturas enferrujadas desaparecendo em um céu ameaçador.

No entanto, não foi apenas um conjunto aleatório que o diretor e a equipe produziram para criar algo que parecesse ser do espaço sideral. Como tudo o mais no vídeo, muito pensamento foi dedicado ao design. Os primeiros pensamentos para a pista foram muito específicos e inspiraram-se na história para o design.

Inicialmente, exploramos um projeto para o Calypso focado em um forte marítimo em ruínas, inspirado por imagens de pesquisa que eu havia encontrado de fortes defensivos da era da Segunda Guerra Mundial no Mar do Norte“.

No entanto, após o design do conceito, algo não se encaixou bem com Meyers, e eles mudaram completamente o conceito. No entanto, ainda era um conceito que olhava para o passado e o aprimorava para parecer futurista.

Várias semanas depois desse beco sem saída, buscamos um novo conceito inspirado nas imagens dos portos de embarque abandonados em Dudunka, na Rússia“, diz Dave Meyers.

Embora o conjunto do planeta pareça pesquisado o suficiente, parece que até mesmo o nome tem algum tipo de significado.

O planeta de BTS é chamado Calypso, e na mitologia grega, Calypso é a deusa que mantém o herói grego Odisseu prisioneiro por sete anos, encantando-o com canções. Para muitos, eles vêem o BTS como o planeta e os ARMYS como Odysseus porque as canções do grupo os encantam. Em particular, o sete é muito significativo, pois representa o número de membros no BTS.

BTS e Coldplay lançam o aguardado clipe de “My Universe”

BTS e Coldplay se uniram recentemente para lançar “My Universe” e a música já é o maior sucesso! Agora, finalmente o clipe da parceria foi liberado.

(Foto: Reprodução)

“My Universe” é o segundo single lançado como parte do novo álbum do Coldplay, ‘Music Of The Spears’, e muitos fãs ficaram entusiasmados em ver dois grupos lendários se unindo em uma música.

Assista ao clipe de “My Universe”:

BTS X Coldplay: Por que “My Universe” não foi gravada de forma remota?

Parece que BTS e Coldplay gostaram de criar sua nova faixa “My Universe” tanto quanto os ARMYs estão gostando de escutá-la. No novo documentário “Inside My Universe”, os artistas revelaram por que decidiram gravar a música juntos ao invés de forma remota.

Mesmo antes da pandemia, era comum que artistas de K-Pop e estrelas ocidentais gravassem suas colaborações em seus próprios países, em vez de se encontrarem. Nicki Minaj, por exemplo, não gravou seus versos de “IDOL” com BTS, enquanto as falas de Sia em “ON” também foram gravadas remotamente.

No entanto, para gravar “My Universe”, Chris Martin, vocalista do Coldplay, voou para a Coreia do Sul para se juntar ao BTS em estúdio.

No documentário, Martin revelou que chegar ao país foi “ muito difícil ” — provavelmente por conta da pandemia. Mesmo tendo permissão para gravar com o BTS apenas por dois dias, ele acrescentou que foi “muita sorte”.

“Foi uma viagem bastante estressante e eu estava um pouco nervoso”, contou o britânico. Então, se viajar para a Coreia do Sul não foi fácil, por que ele decidiram gravar juntos?

(Foto: Reprodução/YouTube)

De acordo com BTS, o objetivo do encontro era tornar a mensagem da colaboração ainda mais poderosa. V explicou: “Esta música é sobre nós criarmos algo juntos ”, acrescentando: “É por isso que Chris veio aqui pessoalmente e gravou conosco também”.

O astro continuou dizendo que o tema da música – “não sozinho, mas juntos“ – realmente o comoveu, e parece que o grupo sabia que esse sentimento só poderia ser melhor transmitido ao público se os artistas estivessem juntos também.

J-Hope completou que embora “pudesse ter sido feito remotamente ”, não seguiria a mensagem da música. “Poderíamos adicionar mais sinceridade à música desta forma.”

Confira o documentário:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio