BTS fala sobre crimes de ódios contra os asiáticos

Recentemente, os músicos foram alvos de preconceito por um jornalista

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta segunda-feira, dia 29, o BTS se pronunciou sobre os crimes de ódio contra asiáticos que têm aumentado nos Estados Unidos.

O septeto, formado por RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook, relembra situações em que os próprios membros foram alvo de discriminação racial.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Anitta é criticada após se gabar de ser rica durante crise do coronavírus

Confira abaixo, na íntegra, o comunicado do BTS:

“Enviamos nossas mais profundas condolências àqueles que perderam seus entes queridos. Estamos de luto e sentimos raiva.

Relembramos momentos em que enfrentamos discriminação como asiáticos. Suportamos palavrões sem motivo e fomos ridicularizados por nossa aparência. Fomos até questionados por que os asiáticos falavam em inglês.

Não podemos traduzir em palavras a dor de nos tornarmos alvo de ódio e violência por tal motivo. Nossas próprias experiências são incongruentes em comparação com os eventos que ocorreram nas últimas semanas. Mas essas experiências foram suficientes para nos fazer sentir impotentes e destruir nossa auto-estima”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio