Caetano Veloso
O cantor e compositor baiano Caetano Veloso (FOTO: Reprodução)

Nesta quinta-feira (22), o cantor Caetano Veloso retornou ao Twitter para falar a respeito da decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul que impediu a realização do ‘showmício’ para arrecadação de fundos para as campanhas de Manuela D’Ávila e Guilherme Boulos.

Respeito a decisão mas confesso que eu não entendi. A Lei das Eleições diz, expressamente, no inciso cinco do parágrafo quarto do Artigo 23, que as campanhas podem organizar eventos de arrecadação de recursos. Não diz se o evento deve ser um jantar, uma venda de produtos ou uma apresentação artística’, começou.

VEJA TAMBÉM: Giulia Be abre o jogo sobre relação com Luan Santana: “Foi muito além de só a música”

Penso que Manuela deve recorrer ao TSE. Não é apenas a minha liberdade de expressão que está sendo tolhida. É a de todos os meus colegas artistas que possuem o direito constitucional de apoiarem os seus candidatos, inclusive através de doações”, concluiu Caetano Veloso.