Caetano Veloso ficará cara a cara com político que sugeriu que o cantor é pedófilo

Músico processou o deputado Marco Feliciano

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caetano Veloso e Marco Feliciano (PSC-SP) ficarão ‘cara a cara’ na próxima quinta-feira (29), data definida pela Justiça de Brasília para uma audiência virtual de conciliação. O cantor processou o político por calúnia e difamação por causa de uma entrevista em que Feliciano sugeriu que ele é pedófilo.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, no entanto, a chance de a mediação ser bem-sucedida é mínima.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: As 5 músicas mais incríveis de Suga, do BTS

Em nota para o colunista, Marco Feliciano declarou: “Jamais afirmei que Caetano Veloso fosse pedófilo. Somente indaguei o porquê do Ministério Público não o ter processado, uma vez que Paula Lavigne afirmou ter sido deflorada por ele quando tinha apenas 13 anos. Ora, naquela época isso poderia ser considerado crime de estupro presumido (Art. 224, Código Penal). Hoje, poderia ser considerado estupro de vulnerável. Em ambos os casos não importa o consentimento da suposta vítima (Súmula 593 do STJ). Ou Caetano está acima da Lei?”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio