Caetano Veloso relembra ameaças em prisão na ditadura: “Vai levar porrada”

O cantor e compositor foi preso semanas após a publicação do AI-5

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caetano Veloso publicou nas redes sociais um trecho de seu documentário “Narciso em Férias”, disponível no Globoplay. Na obra, ele conta detalhes do que viveu na época da ditadura militar.

No trecho publicado, o músico faz um relato sobre a solitária em que foi confinado nos primeiros dias de sua prisão. “Eu ficava sem conseguir comer. Até que um dia um dos caras falou: ‘Tá fazendo greve de fome, vai levar porrada’. Eu disse: ‘Não tô fazendo greve de fome, eu não tô conseguindo comer’”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caetano foi preso em 1968, duas semanas depois de decretado o Ato Institucional Número 5 (AI-5), que marcou a fase mais dura da ditadura militar.

Confira a publicação de Caetano Veloso:

VEJA MAIS: Fã homenageia Anitta com tatuagem no ânus: ‘Não ligo para críticas’

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio