A banda paulista Camelopardo, que toca um rock n’roll com uma pegada soul, lançou seu primeiro álbum “Camelopardo” em fevereiro e agora trabalha na divulgação da segunda canção “Diana”. 

“Diana” canta  a respeito do direito de se sentir de verdade, com suas dores e fraquezas e ainda assim se sentir bem. Dizem que se sentir triste ou cabisbaixo é estar  inapropriado, que devemos mostrar ao mundo nosso melhor sorriso, mesmo que não seja real. Em algum momento se determinou  que a felicidade perene existe e se você fica triste é cafona, desajeitado e ingrato. A vida é feita de dias felizes, e outros tristes, uma semana boa, outra nem tanto, não há euforia contínua.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é GetAttachmentThumbnail

Aceitando meus humores encaro meu tamanho no mundo, encarando minhas fraquezas e revelando minhas forças eu me componho”  essa é “Diana”, composição de Rodrigo Paoli Garcia da banda “Carros Voadores e seus homens Radioativos.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

O álbum, produzido por Gabriel Reis, tem 5 canções “Alice”, “Céu”, “Diana”, “Judite” e “Yoko” e fala sobre a vida, cotidiano, aflições e amor próprio, fala sobre nossos sentidos e sentimentos através do olhar das mulheres.

A banda formada por Ellen Stefanie (vocal), Pedro Sobreira (guitarra), Luiz Henrique (baixo) e Ícaro Lopes (bateria) nasceu em 2017 com o desejo de expandir as paredes da garagem, ganhar mais espaço e levar seu som mais além.

Ouça “Diana” nas principais plataformas digitais: