Canal de TV é acusado de racismo contra cantora Beyoncé; entenda o caso!

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs brasileiros de Beyoncé ficaram revoltados após um vídeo com trechos do programa Fala Que Eu te Escuto da TV Record viralizar nas redes sociais nesta quarta-feira (6). No programa religioso, o clipe de “Black Is King” da cantora norte-americana é utilizado como pano de fundo para uma reportagem que fala sobre magia negra e bruxaria.  

Veja o vídeo:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Internautas levantaram a tag #RecordRacista no Twitter. “Em pleno século 21, as pessoas ainda acham que se orgulhar de seus ancestrais negros é uma coisa ‘do mal’”, apontou um fã da artista. “Em outro completo desserviço e usando imagens de “Black Is King”, Rede Record faz matéria insinuando que Beyoncé pratica magia negra e bruxaria em seus trabalhos”, criticou outro.

“Um dos nomes mais aclamados da música norte-americana, Beyoncé vive de uma carreira sólida e poucas polêmicas na vida pessoal. Só que uma delas assustou parte dos fãs. A cantora já foi acusada de bruxaria. Teria praticado rituais de magia negra contra uma ex-integrante de sua banda”, inicia a reportagem do programa de TV.

A matéria segue relembrando o episódio de 2018 no qual Beyoncé foi acusada de bruxaria e magia negra pela ex-baterista Kimberly Thompson, que, na época, entrou na Justiça para pedir uma ordem de restrição contra a estrela pop. Na oportunidade, Kimberly disse que a cantora recorreu à magia negra lançando feitiço de abuso sexual contra ela.

Veja as reações na web:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio