Kanye-West
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Segundo Roger Friedman do site Showbizz 144, a candidatura de Kanye West para presidencia dos Estados Unidos não passa de uma grande farsa e uma grande estratégia de marketing.

Ele disse em artigo: “Kanye apareceu na Carolina do Sul para um comício pela sua campanha presidencial falsa. Mas na verdade ele está apenas fazendo uma cena antes de lançar seu álbum ‘Donda’, nomeado para sua mãe, em 24 de julho.”

VEJA TAMBÉM: Valesca Popozuda fala sobre assédio no Carnaval

O jornalista também afirmou que Kanye disse durante seu discurso: “Harriet Tubman nunca realmente libertou os escravos, ela os mandou trabalhar para outras pessoas brancas”.

Sobre o possível sucesso que o álbum pode fazer, sendo impulsionado por essa divulgação, Friedman explicou: “Kanye se voltou para a música religiosa no último ano. Tenho certeza de que suas crenças religiosas são profundas. Mas descartando seus raps com grandes samples de outras obras protegidas por direitos autorais, ele está economizando muito dinheiro em licenças.”

Então, continuou: “Os álbuns anteriores de Kanye perderam dinheiro por causa de todas as pessoas que tiveram que ser pagas. Ele é famoso por não se prender as datas de lançamento. Se não for o dia 24, ele esperará até o lançamento de Beyonce no dia 31.”

Ainda afirmando que Kanye West postou a tracklist do álbum em seu Twitter, mas logo depois apagou, o jornalista a colocou ao final do artigo:

(FOTO: Divulgação)
(FOTO: Divulgação)
(FOTO: Divulgação)